Marco Lupoi, o homem-fortebrda Panini, abre o jogo

Por Equipe UHQ
Data: 1 dezembro, 2001
Marco Marcello Lupoi
Marco Marcello Lupoi, homem-forte da Marvel/Panini

Numa parceria inédita, os dois principais sites sobre quadrinhos do País, o Universo HQ e o Omelete, entrevistaram, em conjunto, Marco Marcello Lupoi, homem-forte da Panini, para saber que rumos tomarão os títulos da Marvel no Brasil, após o rompimento com a Editora Abril; quem responderá pela programação dos títulos; quais serão suas estratégias de mercado e muito mais! Confira:

Universo HQ: Depois de 22 anos de Marvel na Editora Abril, por que a Panini decidiu encerrar esta parceria? Esta mudança no Brasil significa que a Marvel Comics está mudando a política com respeito a seus títulos fora dos Estados Unidos?

Marco Lupoi: A Panini negocia os direitos internacionais da Marvel desde 1996, como parte de uma licença mundial. Isto significa que, de 1996 a 2001, a Abril foi sublicenciada da Panini no Brasil.

A Panini vale-se de sublicenciados em muitos países – Planeta, na Espanha; Egmont, na Escandinávia; Devir, em Portugal; Juniorpress, na Holanda etc. Em outros paises, como o Reino Unido, Itália, Alemanha e França, a Panini publica diretamente os títulos sob a marca PANINICOMICS.

Em nosso website, você pode encontrar links para todas estas quatro divisões. Agora, a partir de 2002, a Panini também publicará a Marvel diretamente no Brasil. Seu país é um dos maiores mercados da Marvel no mundo, e nós esperamos expandir muito a marca nos próximos anos.

UHQ: De acordo com a Editora Abril, o fim da parceria deveu-se a divergências, no que diz respeito à distribuição de figurinhas. O senhor poderia tecer comentários sobre esta situação?

PaniniMarco Lupoi: A Editora Abril pretende crescer no mercado de produtos juvenis e também expandir-se no campo das figurinhas, que é uma categoria de produtos na qual a Panini tem a maior parcela de mercado no mundo todo.

Por outro lado, a Panini Brasil deseja se expandir no campo de publicações, que é agora uma das principais atividades do grupo. Assim sendo, sob tal ótica, estas mudanças fazem todo o sentido.

UHQ: Quando a Panini assumirá a publicação da Marvel Comics no Brasil? Que relacionamento existe entre a Marvel e a Panini?

Marvel ComicsMarco Lupoi: Nós lançaremos, em janeiro de 2002, cinco títulos, que passarão a ser sete, a partir de março ou Abril. A Panini ainda detém os direitos exclusivos de licenciamento da Marvel para todos os formatos de quadrinhos, os quais nós empregamos em pelo menos 30 países. No que diz respeito aos direitos de merchandising, a Marvel conta com outro agente.

UHQ: Quem será responsável pela programação das novas revistas no Brasil? Quem cuidará da adaptação das publicações para o português brasileiro?

Mythos EditoraMarco Lupoi: A programação editorial virá da redação central da Panini Comics, sendo responsabilidade minha e de outros editores, que também planejam os títulos internacionais da Marvel na maior parte da Europa. No entanto, nós vamos trabalhar em colaboração intensa com a Mythos Editora, que adaptará os títulos para nós, auxiliando também no desenvolvimento da marca Marvel.

UHQ: Haverá saltos na seqüência das histórias, como aconteceu aqui durante todos estes anos?

Marco Lupoi: A princípio, nós não pretendemos pular histórias. Via de regra, não fazemos isto na Itália, Alemanha etc. Acredito que deveremos fazer o mesmo no Brasil.

UHQ: Quantos e quais serão os títulos a partir de agora? A Panini manterá o formato Premium?

Amazing Spider-Man #34Marco Lupoi: Nós teremos cinco títulos de 96 páginas cada – Homem-Aranha, Paladinos Marvel, Heróis Marvel, X-Men e X-Men Extra -, mais dois títulos de 48 páginas – Marvel Milênio e um segundo título da linha Ultimate.

Nós não vamos manter a cara estrutura Premium, preferindo a mais acessível, de 96 páginas. A idéia é manter o mesmo custo absoluto por mês para os leitores, mas aumentar o leque de títulos.

New X-Men #114Universo HQ: As publicações da Panini terão novo design gráfico e nova concepção de capa?

Marco Lupoi: Claro!

UHQ: Qual será o formato das revistas?

Marco Lupoi: Nós temos algumas surpresas em vista… sendo uma delas bastante significativa. Por ora, eu não vou dizer qual é…

UHQ: Quando a Abril criou as revistas Premium, o diálogo entre a redação e os leitores praticamente deixou de existir. Nos novos títulos, haverá seção de cartas, editoriais, notícias e artigos sobre os bastidores?

Marco Lupoi: Sim! Todos os nossos quadrinhos na Europa são repletos de conteúdo editorial; e os brasileiros não vão fugir à regra. Nossa prioridade é a comunicação com os leitores. Eu, por exemplo, espero aprender a falar português muito em breve, para poder dialogar com os fãs da próxima vez que estiver em São Paulo.

UHQ: Há intenção de se produzir edições especiais? Quais são os planos da Panini para Homem-Aranha, o filme e X-Men 2?

Pôster de Spider-manMarco Lupoi: Bem, X-Men 2 está programado para estrear em 2003. Por isso, é cedo demais para dizer qualquer coisa. Quanto ao filme do Homem-Aranha, nós teremos a adaptação oficial para maio e, talvez, algum outro especial. No entanto, em linhas gerais, ao longo de 2002, vamos nos concentrar nas revistas regulares.

UHQ: Os selos Marvel Max e Marvel Knights serão publicados separadamente do Universo Marvel? Qual será o destino de Marvel Século 21 uma vez que os primeiros arcos de Ultimate Spider-Man e de Ultimate X-Men não foram concluídos pela Abril?

Marco Lupoi Bem, quanto a Marvel Século 21, nós daremos seqüência de onde a Abril parou, com a revista Marvel Milênio. Portanto, esperamos conservar os mesmos leitores. Temos intenção de começar um segundo título da linha Ultimate, que contará com histórias das revistas americanas Ultimate Team-Up e Ultimates.

Linha adulta MAXO selo Marvel Knights será incluído em Paladinos Marvel, enquanto a maioria dos títulos adultos será provavelmente publicada pela Mythos Editora, que continuará sendo nossa sublicenciada.
A linha Marvel MAX ainda é um caso incerto, uma vez que muito pouco foi publicado nos Estados Unidos, mas talvez seja lançada apenas em livrarias ou lojas especializadas.

UHQ: A Dinap continuará a distribuir os títulos da Marvel?

Marco Lupoi: Não, nós vamos empregar o sistema de distribuição da Fernando Chinaglia.

UHQ: Será mantido o esquema de distribuição em duas fases, no qual a região sudeste recebe as edições dois meses antes do restante do País?

Marco Lupoi: Não. A Panini pretende retomar a distribuição nacional simultânea.

UHQ: Qual será a política de promoções da Panini?

Marco Lupoi: Nós ainda estamos desenvolvendo nossas estratégias promocionais, mas temos muita coisa a caminho.

Marco M. LupoiUniverso HQ: O mercado Marvel brasileiro é realmente o maior do mundo fora dos Estados Unidos, como afirmou a revista Wizard dois anos atrás?

Marco Lupoi: Agora, a Alemanha e a Espanha tornaram-se os maiores em movimento de vendas. No entanto, se ainda estivéssemos com o câmbio de dois anos atrás, quando R$1,00 valia cerca de US$1,00, o Brasil ainda seria o maior.

UHQ: Qual será a situação das outras editoras que publicam Marvel no Brasil atualmente?

Marco Lupoi: A Mythos continuará a publicar títulos Marvel e a Pandora também, se desejar. A Marvel tem centenas de títulos, e nós só podemos publicar os mais populares. Há vários outros de altíssima qualidade, talvez não tão comerciais quanto Homem-Aranha ou X-Men, mas ainda assim excelentes.

Nós também estamos considerando uma editora parceira ou sublicenciada para quadrinhos no formato trade paperbacks, por exemplo.

UHQ: Na Itália, a Panini publica quadrinhos da Image e muitos mangas. Vocês têm licença para publicá-los no Brasil? Existe a intenção de se fazer isto?

Marco Lupoi: Claro! Nós também vamos nos expandir em outras áreas, ainda que, provavelmente, não em 2002…

O Universo HQ e o Omelete agradecem ao Sr.Marco Lupoi pela entrevista.

Marco Lupoi

 

• Outros artigos escritos por

.

.

.