EXCLUSIVO: Mike Deodato fala sobre seu novo trabalho para a Marvel

Por Samir Naliato
Data: 16 maio, 2001

O desenhista brasileiro Mike Deodato fala COM EXCLUSIVIDADE ao Universo HQ sobre Witches, o seu novo trabalho na Marvel.

 

O artista brasileiro Mike Deodato está envolvido num novo projeto para a Marvel Comics. É a revista mensal Witches (Bruxas, em português), com argumentos da escritora Browyn Carlton e editado por Lysa Hawkins.

Deodato é o desenhista regular da série, que terá como personagens principais Satana, filha de Satã com um súcubo (demônio feminino, antônimo de íncubo); Jennifer Kale, uma jovem feiticeira e amiga do Homem-Coisa; e finalmente Topaz, uma empata que é ex-namorada de Jack Russell (o Lobisomem).

“Elas são o equivalente às Panteras”, disse Deodato em depoimento exclusiva ao Universo HQ. “A trama é sobre um livro místico chamado Tome of Zhered-na, que só pode ser aberto por alguém que tenha poder suficiente para merecer o poder contido nele. Essa pessoa acaba sendo o irmão de Jennifer. Mas, ao abrir o livro, ele liberta o demônio Hellphyr. Assim, o Dr. Estranho reúne as três heroínas para impedi-lo”.

Witches

Todas as personagens terão um novo visual, mais moderno, redesenhado pelo próprio Deodato. Além disso, elas aparentarão ter por volta de 16 a 18 anos. Topaz, que tem a capacidade de mudar sua idade, foi inspirada na própria esposa de Deodato. Já Satana, será parecida com a atriz americana Thora Birch, enquanto Jennifer lembrará Mena Suvari (ambas do filme Beleza Americana). “Gosto de usar essas referências para dar mais personalidade aos personagens”, explica o artista.

O convite para Mike Deodato veio através da editora do título, Lysa Hawkins. “Eu fiz uma história para o antigo editor de X-Men Unlimited, Jason Liebig. É uma aventura do Noturno, que será publicada no número 32 (lançamento em julho). Ele adorou, e iria me passar um título dos X-Men, mas acabou sendo demitido. Comecei a ter contato com a Lysa, sua ex-assistente, e ela me ofereceu uma trama da Tempestade. O tempo passou, nada chegava, daí Lysa me ofereceu Witches“, conta.

“Na época, ela me mandou um plot da série, e falou que um artista europeu estava cotado para assumir, mas, se eu fizesse um bom trabalho, ganharia a revista. Fiz vários sketches e mandei. Ela gostou muito e, assim que Joe Quesada viu as amostras, ele adorou”, revela. No momento, Deodato está na metade da primeira edição. “Também já fiz uma pequena história de 8 páginas, que deve sair antes, como material promocional, e duas capas que estão prontas”.

Mike Deodato Jr.

Bete, esposa de Mike Deodato Jr.

Ele está muito entusiasmado com o projeto. “Acho que será um sucesso. É algo bem diferente do que a Marvel vem fazendo, tanto na narrativa quanto na arte. Os diálogos estão muito bons. Os desenhos serão totalmente diferentes, apenas com o lápis, sem arte-final. Vou mostrar um novo traço e estou gastando, em média, um dia e meio em cada página. Nunca gastei tanto tempo assim”, enfatiza.

“Outro motivo do meu entusiasmo, é que voltei a trabalhar na Marvel e vou poder mostrar meu trabalho. É uma revista nova, um projeto muito bom. Estou tendo o apoio do Quesada e de todos lá dentro. Tudo indica que teremos um grande trabalho de marketing em volta do título”, enaltece o Deodato. Ele também fala de como está sendo seu relacionamento com a equipe criativa. “Ainda não me correspondi diretamente com a Browyn, mas falo praticamente todos os dias com a Lysa. Ela é super atenciosa, se interessa muito, e está sempre me incentivando. O entrosamento é muito bom. Com certeza, é uma das melhores pessoas com quem já trabalhei”.

Outro fator que chamará a atenção, é que muito provavelmente a revista será lançada sem o selo do Código de Ética americano (o Comics Code). “Não sei muito bem o porquê disso, mas acho ótimo. Gosto de trabalhar com liberdade”, explicou Deodato.

Página de Mike Deodato Jr. para X-Men UnlimitedChyna

A nova série mensal é também um novo começo para a vida profissional de Mike Deodato. “Não estou com a Art & Comics. Agora, atuo diretamente com o Dave Campiti, mas escolho os trabalhos que quero fazer. Com isso, posso me dedicar melhor ao meu projeto com Witches. Acabei recusando outros convites, como, por exemplo, a edição do Aquaman escrita por Stan Lee (para o projeto Just Imagine Stan Lee Creating DC Universe). Agora, quero me dedicar apenas a isso”, diz.

Outro trabalho do artista que está para ser lançado, é a segunda edição de Chyna, pela Chaos! Comics.

Witches não sairá pelo selo Marvel Knights, mas sim pelo universo convencional da Marvel. O lançamento está marcado para outubro.

Samir Naliato esteve recentemente em São Paulo e bem que gostaria que algumas bruxas dessem um jeito de multiplicar sua grana. Só assim daria pra levar todos os quadrinhos que ele gostaria…

• Outros artigos escritos por

.

.

.