Greg Rucka fala sobre Gotham Central

Por Sérgio Codespoti
Data: 6 setembro, 2002

Gotham CentralGreg Rucka vem escrevendo histórias do Batman desde a saga Terra de Ninguém, e durante seu trabalho deu bastante destaque para o Comissário Gordon e a polícia de Gotham City. No entanto, quando Detective Comics #775 chegar às comics shops americanas, em outubro, o autor estará deixando o título.

Ele pode estar se despedindo do Homem Morcego, mas não totalmente. Rucka será um dos responsáveis pela revista Gotham Central (juntamente com Ed Brubaker e Michael Lark), que mostrará o dia-a-dia dos policiais da cidade. Mesmo com as tramas se passando no mesmo lugar onde vive o Cavaleiro das Trevas, não espere uma participação ativa do herói.

“A revista é sobre policiais, e não Gotham Central: Apresentando Batman com Aparições da GCPD (Gotham City Police Departament – Departamento de Polícia de Gotham City). Será sobre os detetives”, enfatizou.

“A questão fundamental que eu e Ed estamos perguntando é: ‘O que significa ser policial em Gotham City?’. Eles não vêem o Batman o tempo todo, mas como é ser o oficial que responde uma chamada na qual há 23 crianças mortas porque o Coringa enlouqueceu, e perceber que não pode lidar com isso?”, explicou Rucka.

“Então, o que acontece é o comissário ir até o telhado e ligar o sinal para chamar uma pessoa realmente assustadora que você raramente vê. Ele chega e diz que cuidará de tudo, e oito horas depois algo explode e outras 30 crianças são encontradas vivas, mas em choque. O leitor verá qual o ponto de vista dos policiais sobre os uniformizados de Gotham, e como pode ser uma droga atender certos tipos de chamadas”, disse.

O autor pretende resgatar o sentimento de surpresa que deveria existir quando uma pessoa real encontra com um super-herói, o que passou a ser tratado como coisa comum nos quadrinhos. “Nós rapidamente esquecemos como as coisas deveriam ser. Seria como uma criança de 12 anos andando de bicicleta e, de repente, o Super-Homem pousa na sua frente. Isso é incrível”, comparou.

Os dois primeiros números serão escritos em parceria por Rucka e Brubaker, e os próximos três somente por Brubaker, com Rucka voltando para um arco de histórias entre os números 6 e 10. Os dois farão um revezamento no título.

Gotham Central #1 estréia em janeiro de 2003.

• Outros artigos escritos por

.

.

.