John Byrne fala sobre a minissérie Gerações 3

Por Sérgio Codespoti
Data: 17 setembro, 2002

GenerationsUm dos trabalhos mais elogiados dos últimos tempos de John Byrne ganhará a terceira minissérie. Gerações I e II, já publicadas no Brasil pela Opera Graphica, mostram um universo onde os heróis da DC Comics envelhecem normalmente com o passar dos anos.

A primeira minissérie mostrava basicamente Super-Homem e Batman. Já a segunda, apesar de também dar atenção aos dois maiores ícones da DC, ampliou a narrativa para os demais personagens.

Agora, com Gerações 3, Byrne pretende mudar novamente o foco da história. A primeira diferença está na duração da série, que passará a ser de 12 edições em vez de quatro, como nas duas anteriores.

GeraçõesGerações 3, ou apenas G3, começa em 1925, com um Superboy de 15 anos de idade, em Smallville. Depois, cada história vai pulando 100 anos no futuro, até chegarmos em 2925, na época da Legião dos Super-Heróis”, explicou. “Se você fizer as contas e se perguntar como 11 saltos cronológicos cabem em 12 números, a única coisa que posso dizer é ‘Espere e verá’.”

“Muitos rostos conhecidas (tanto do Universo DC quando de Gerações) aparecerão, incluindo alguns novos”, garantiu.

O autor disse que não pode falar muito mais além disso sem revelar elementos importantes da história. Duas edições já estão prontas, e a editora pretende marcar o lançamento para janeiro de 2003.

• Outros artigos escritos por

.

.

.