Marvel prepara overdose de Wolverine para maio

Por Samir Naliato
Data: 27 fevereiro, 2003

Por Samir Naliato

Wolverine #1Que o Wolverine é um dos mais queridos personagens da Marvel, e principalmente dos títulos dos X-Men, ninguém duvida. Desde sua criação, o esquentado Logan atraiu fãs ao ser retratado como um anti-herói que, segundo ele mesmo, é o melhor naquilo que faz, e cujo passado era envolto em mistérios.

Quando os heróis mutantes alcançaram outras mídias, como o desenho animado, o sucesso do personagem continuou. E o mesmo aconteceu em 2001, quando os X-Men ganharam sua primeira versão cinematográfica.

Interpretado por Hugh Jackman, Wolverine foi uma das sensações da produção, e tornou o ator conhecido do grande público. Um filme solo do personagem chegou inclusive a ser considerado (e ainda existe esta possibilidade). Agora, em 2003, com a estréia de X-Men 2 marcada para maio, a curiosidade em torno de Logan voltou.

Ultimate X-Men #33A Marvel, que não é boba nem nada, já tratou de preparar sua investida para atrair leitores e faturar em cima do lançamento do longa-metragem.

Serão duas minisséries do personagem e a estréia da nova série mensal. Além disso, o Wolverine será capa de seis publicações mutantes, incluindo X-Treme X-Men #25, Uncanny X-Men #423 e Ultimate X-Men #33.

É curioso notar que algumas dessas revistas não terão Logan como personagem principal da história e, mesmo assim, ele aparecerá sozinho na capa. Em Uncanny X-Men #423, por exemplo, a trama gira em torno do Noturno.

X-Treme X-men #25Em X-Treme X-Men #25 (argumentos de Chris Claremont e arte de Salvador Larocca) começa a seqüência, em quatro partes, da aclamada graphic novel God Loves, Man Kill, que serviu de base para o roteiro do novo filme dos X-Men.

Esta graphic novel foi publicada no Brasil pela Editora Abril com o nome de O Conflito de uma Raça, e a Panini a republicará com o nome original, Deus Ama, Homem Mata.

Já a nova revista mensal do herói terá argumentos de Greg Rucka, arte de Darick Robertson e capa de Esad Ribic. Wolverine #1, e custará US$ 2,25.

Wolverine/DoopAs minisséries com o personagem serão Wolverine: Snikt! (US$ 2,99, seis partes, com argumentos, arte e capa de Tsutomu Nihei) e Wolverine/Doop (US$ 2,99, roteiro de Peter Milligan e arte e capa de Darwyn Cooke).

Acha pouco? Então, prepare-se, porque a “Casa das Idéias” programou nada mais nada menos do que 22 publicações com personagens dos X-Men para maio. Quatro séries “mensais” terão dois números vendidos no referido mês. São elas Uncanny X-Men #423 e #424, X-Treme X-Men #25 e #26, Exiles #26 e #27 e X-Men Unlimited #47 e #48.

Calma, ainda não acabou! Ainda em maio será lançada uma revista com a adaptação do filme e mais três encadernações: X-Treme X-Men Vol. 3: Schism (106 páginas, US$ 16,99), New X-Men Vol. 4: Riot at Xavier’s (128 páginas, US$ 11,99) e Uncanny X-Men Vol. 2: Dominant Species (128 páginas, 11,99).

Depois disso tudo, vale a pergunta: não era o Joe Quesada que achava que existiam muitos títulos mutantes sendo publicados quando assumiu o cargo de editor-chefe?

Wolverine : Snikt! Uncanny X-men #423


• Outros artigos escritos por

.

.

.