O atrapalhado Recruta Zero está de volta

Por Equipe UHQ
Data: 22 novembro, 2002

Fonte: Press Release

Recruta Zero, coleção Opera King #5A Opera Graphica está lançando mais o quinto volume da Coleção Opera King: O Recruta Zero (formato 16 x 23 cm, 100 páginas, preto e branco, R$ 9,90).

O clássico personagem “nasceu” em 1949, nas paginas da revista semanal Saturday Evening Post, com o nome de Spider (Aranha). Era um típico universitário aprontando muito, no campus. No ano seguinte, a serie foi contratada pela agência King Features Syndicate e começou a circular nos jornais em 3 de setembro de 1950.

Diz a lenda que esta foi a ultima série contratada pessoalmente pelo magnata da imprensa William R. Hearst, dono da agência. E ela não ia nada bem, até que seu criador, Mort Walker, alistou Spider no exército. Ele foi para o “Tiro de Guerra” ou acampamento preparatório… o Quartel Swampy, de onde não saiu até hoje.

O Recruta Zero jamais esteve em combate, e logo que a Guerra da Coréia terminou, pediu baixa do exercito para visitar sua irmã “H”, da série Hi and Lois – Isso mesmo! Trata-se de um crossover histórico. Mas os leitores protestaram, levando-o de volta à caserna, imediatamente.

A série proporcionou ao seu criador, Mort Walker, o Reuben (o prêmio máximo dos quadrinhos americanos). Nesta edição são apresentadas as melhores gags do Recruta Zero (Beetle Bailey, no original), realizadas nas últimas cinco décadas.

Filho de um poeta e de uma ilustradora, Mort Walker começou a desenhar ainda na adolescência. Em 1947, entrou para a história ao ser o primeiro quadrinhista a ter um de seus cartuns enviado via fax, quando do surgimento deste aparelho.

Walker é parte integrante do universo dos cartuns há mais de meio século. Sua preocupação na valorização do profissional das artes fez com que fosse sempre atuante em movimentos como o National Cartoonists Society e o Newspaper Features Council.

O álbum pode ser encontrado nas livrarias e pontos de venda do HQ Club.

• Outros artigos escritos por

.

.

.