Revista do Lanterna Verde aborda o preconceito contra homossexuais

Por Sérgio Codespoti
Data: 16 agosto, 2002

Green Lantern #154Em Green Lantern #154, que a DC Comics lançará em setembro, o escritor Judd Winick abordará um assunto polêmico: o preconceito e intolerância com homossexuais.

A trama envolve o personagem Terry Berg, assistente e amigo gay de Kyle Rayner (o Lanterna Verde), que é espancado por uma gangue até quase morrer, e a caçada do herói aos agressores. “Terry representa a aceitação. E, agora, com este ato odioso, vamos discutir o lado ruim desse assunto”, comentou o editor Bob Schreck.

“Terry surgiu porque estava a fim de Kyle. E quem não ficaria? Ele é alto e musculoso”, explicou Winick. “É importante que os jovens vejam que o Lanterna Verde não se importa se Terry é gay. Ele é uma pessoa”.

Green Lantern #155A história mostrará Terry e seu namorado passeando na rua, quando começam a ser perseguidos por três pessoas gritando frases anti-homossexualismo.

“Será muito traumático para Kyle, e mudará sua perspectiva sobre ser super-herói”, avisa o escritor. “Uma das pessoas de maior importância na vida do Lanterna é atacada, e o herói descobre que, nem possuindo uma das armas mais poderosas do universo, pode proteger sempre os que estão próximos a ele. Não importam quais as críticas que receberá, Kyle e seu legado como Lanterna Verde começarão a mudar nessa edição”.

No número seguinte, 155, o Kyle buscará ajuda do Flash e da Liga da Justiça para voltar no tempo e evitar a tragédia, o que lhe fará confrontar os limites éticos de ser super-herói. A história contará com a participação de Hal Jordan, ex-Lanterna Verde e atual Espectro. O escritor avisa ainda que, nas edições futuras, haverá a volta de um herói que há muito está ausente.

Pedro and MeA primeira aparição de Terry Berg aconteceu em Green Lantern #137, ano passado, e foi escolhido pela Gay and Lesbian Alliance Against Defamation (Aliança de Gay e Lésbicas Contra a Difamação) como melhor personagem de quadrinhos do ano.

Criado pelo próprio autor (por sugestão do editor Bob Schrek), ele chegou a aparecer no Brasil rapidamente, em apenas uma história da Liga da Justiça (publicada em Superman Premium #22), já que as aventuras solo do Lanterna eram publicadas de forma irregular.

Judd WinickJudd Winick (32 anos, casado) é simpatizante da causa gay há bastante tempo. Antes de ser reconhecido na indústria de quadrinhos norte-americana, participou do reality show Real World, da MTV, onde criou um grande laço de amizade com Pedro Zamora, um homossexual que era seu companheiro de quarto. Em 1994, Pedro morreu de Aids, e inspirou Winick a lançar a graphic novel Pedro and Me.

Nos Estados Unidos, existe uma fundação em homenagem a Pedro Zamora, que arrecada fundos na luta contra a doença. Pedro and Me ganhou vários prêmios e ainda está inédito no Brasil.

Lanterna Verde

• Outros artigos escritos por

.

.

.