100 Balas, de Azzarello e Risso, retorna em coleção de capa dura pela Panini

Por Samir Naliato
Data: 27 julho, 2020

O quadrinho de crime 100 Balas, criado pelo escritor Brian Azzarello e pelo desenhista Eduardo Risso, foi um dos mais bem-sucedidas do então selo Vertigo, da DC Comics.

Durante a CCXP 2019, a Panini Comics confirmou que republicaria a série em encadernados de capa dura este ano, e agora foi revelado que isso começará em setembro.

100 Balas – Volume 1 (formato 18,5 x 27,5 cm , 460 páginas, capa dura, R$ 145,00) está em pré-venda na Amazon com frete grátis para usuários Prime.

Quão longe você iria por vingança? Se tivesse uma chance de dar um troco mortal a alguém com a garantia de que a lei não pudesse lhe tocar, você faria? É essa a oportunidade que um homem chamado agente Graves proporciona na forma de uma pasta especial contendo uma arma e cem balas irrastreáveis.

Para os feridos e humilhados à margem da sociedade essa oferta é uma oportunidade única de acertar as contas com o mundo. Mas além do dilema de puxar ou não o gatilho existe uma questão muito mais preocupante: quem está tornando essas ações possíveis? E por quê?

Este volume reúne as edições originais 100 Bullets # 1 a # 19.

A editora ainda não revelou a sua versão da capa, e a que está mostrada abaixo é a americana. A coleção terá um total de cinco volumes.

100 Balas já foi publicado na íntegra pela própria Panini entre 2010 e 2013, em 15 encadernados de capa cartonada. Antes disso, o título passou pelas editoras Opera Graphica e Pixel, mas foi interrompido antes do fim em ambos os casos.

100 Balas - Volume 1

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Cassiano Cordeiro Alves

    Ok, legal o relançamento de uma série tão boa (dizem, não li ainda), mas 145 contos… Se um dia a pandemia passar vou bater perna nos sebos e buscar os encadernados anteriores.

    • BillRaioBeta

      Realmente é um preço salgado levando em consideração que quatro diferentes edições foram publicadas.acho que em termos de colecionismo essa nova seja vantajosa e pra quem tbm não conheça o matéria.agora se o leitor quiser apenas ler a história,as edições que a Opera Graphica lançou e a última da Panini em capa cartão são ótimas,ainda mais levando em consideração o preço.

  • Alexandre Siqueira

    A Panini não está nem ai para o leitor comum só se importa com os especuladores que acham que quadrinhos tem que ser capa dura e papel couchê.

    • cospefogo

      Esse troço de “capa dura e papel couché” nunca devia ter sido inventado. Papel offset ou pisa-brite já bastava. Couché é horrível. Vai ler perto de um abajur, é puro reflexo.

  • Diego Cosme

    Quando soube dessa nova edição o meu chute foi de que custaria na casa dos 90 reais. Errei feio.

  • Felipe Ornaghi

    Muito caro. Panini corrijam o problema de distribuição de mangas como one piece 92 e slam dunk 19

  • Sarah Persons

    Até queria, mas por 145 está muito salgado. Sandman com mais 600 páginas custa esse valor.

  • mvpunisher1 .

    Eu tinha a coleção antiga e vendi… 100 balas é bacana em algumas história tipo a do Wylie, a do cara enfaixada… mas o final foi fraco.

  • A Panini está testando o mercado. Agora vai lançar tudo em OMNIBUS a preços escorchantes. Se der errado, muda tudo de novo. Espero que dê errado.

    Ainda bem que tenho tudo em edições capa cartão com 100 páginas. Perfeitas.

    • ramilson kfuri

      Vai dar errado. Quem curte quadrinhos no Brasil não tem dinheiro para esses absurdos

  • Marcos Fernando Kirst

    Todos os meus pés atrás com as promessas de coleções da Panini. Fiquei a ver navios com A Tumba do Drácula… Encerraram faltando um terço da saga.

  • Pablo Leite

    Quando vejo os preços de alguns quadrinhos que estão sendo relançados agora, fico aliviado por, mesmo em momentos de aperto, ter feito o possível para comprá-los quando foram lançados, porque o preço deles agora é de rachar. Vou ficar com as minhas edições de 💯 Balas.

  • Heberton Arduini

    Baita lançamento. 100 balas merece estar novamente no mercado. Ao menos vou economizar pois ja tenho os em capa cartão, que é justamente o formato que me interessa.

  • Helio Nascimento

    Eu até entendo que o produto já está em uma segunda fase. Mas os preços cada vez mais elitizados assustam, dado que quadrinhos é algo voltado para a massa. Como o Conan a 250, fica cada vez mais difícil imaginar o número de vendas do passado. E é uma bolha que está cada vez aumentando. Tem que se pensar também na renovação do público. Não é só de Turma de Mônica que se faz leitores consumidores, há um interim. E se a editora que tem Marvel e DC no catálogo não tem interesse para mudar o movimento que está acontecendo. Quem pode? Já vimos o que aconteceu com a linha Premium. No mais, é um quadrinho sensacional.

    • Wellington

      Levando em consideração o salário médio do brasileiro, acho difícil que hq seja algo de massa.

  • Bruno Lima

    Que maravilha!

  • Carlos Alberto Bárbaro

    Pena que vai vir com erro de revisão na capa: SEM BALAS.

  • James Howllet

    Esperar alguma promo com descontão, ter grana guardada e rezar para os especuladores não comprarem tudo de uma vez.

  • Wellington

    A edição americana tá mais barata na Amazon.

  • Claudio Annunziato

    145 paus????