Allison Mack e outras atrizes envolvidas com líder de seita que promove escravidão sexual

Por Sérgio Codespoti
Data: 3 abril, 2018

Keith Raniere, de 57 anos, o guru da autoajuda do grupo NXIVM (pronuncia-se “nexium”) – cuja sede fica em Albany, Nova York, nos Estados Unidos –, foi preso em Puerto Vallarta, no México, no dia 25 de março, em um resort de luxo, e extraditado para os EUA.

Ele é acusado de tráfico de escravas sexuais, trabalhos forçados e de marcar mulheres a ferro quente, na região pélvica.

Segundo diversas fontes (Artvoice, The New York Times, The Independent, Newsweek, Inside Edition, The Sun, Daily Mail), a atriz Allison Mack seria seu braço direito e existe a possibilidade de que ela seja presa em breve.

Outras atrizes, como Kristin Kreuk, Sarah Edmonson, Nicki Clyne e India Oxenberg (filha da atriz Catherine Oxenberg, de Dinastia), também estão relacionadas ao grupo, com diferentes graus de envolvimento. A maioria delas é apenas vítima da seita.

O controverso grupo de autoajuda NXIVM foi criado em 1998 (embora algumas fontes digam que foi em 2003) e oferecia palestras, seminários e aulas de crescimento pessoal e profissional.

Segundo Frank Parlato, ex-publicista do NXIVM que está delatando o grupo, a atriz Kristin Kreuk, que interpretou Lana Lang (personagem que era o alvo do interesse amoroso de Clark Kent) em Smallville, teve contato pela primeira vez com a entidade no final de 2005 ou início de 2006.

Keith Raniere

Quem a levou teria sido o ator Mark Hildreth – segundo o NiagaraFalls Reporter, que se afastou de tudo isso em 2017, ao perceber a extensão do problema, mas que permanece em silêncio.

Parlato afirma que quem levou Allison Mack -que interpretou Chloe Sullivan em Smallville – para a NXIVM foi Kristin Kreuk, possivelmente em 2006.

Após a prisão de Raniere, surgiram acusações na imprensa de que Kreuk teria um papel tão relevante quanto o de Mack na entidade. A atriz negou qualquer envolvimento com as atividades de tráfico sexual, em um pronunciado no Twitter, mas admitiu ter participado de seminários do NXIVM.

Aparentemente, ela se interessou pelas palestras para se livrar da timidez e posteriormente se afastou, em 2013. Kreuk negou que foi ela quem introduziu Mack no grupo.

“Saí há cinco anos e tive um contato mínimo com as pessoas que ainda estavam envolvidas”, disse Kreuk.

Outra atriz, a canadense Sarah Edmonson – que também esteve envolvida com a seita e fala abertamente há algum tempo sobre suas dificuldades para sair dela –, defendeu Kreuk.

“Minha amiga Kristin Kreuk nunca fez parte do grupo interno do NXIVM e não recrutou ninguém. Ela saiu em 2013, antes de tudo ficar muito estranho. E foi arrastada nessa confusão”, disse Edmonson.

Apesar disso, algumas pessoas envolvidas com a seita dizem que ela e Mack foram usadas como chamarizes para recrutar outras pessoas, graças ao seu status de celebridades, e também serviram para afastar suspeitas de acusações sinistras.

Mack tem 34 anos, parece ter se integrado totalmente à seita e considera Raniere seu mentor. Ela foi identificada como sendo a coconspiradora número 1, o que consta dos documentos judiciais. Há diversos registros em texto e vídeo sobre seu relacionamento com Raniere.

O jornal The Sun afirma que ela pode ter recrutado mais de 25 mulheres para o grupo.

Allison Mack

O lado mais sinistro da seita surgiu por volta de 2015, quando foi criado um círculo exclusivo para certos participantes, chamado DOS, do latim Dominus Obsequious Sororium, que significa “Mestre sobre a mulher escrava”.

A seita operava com uma estrutura na qual o mestre recrutava escravos, que por sua vez se tornavam mestres e recrutavam outros escravos, que, como numa pirâmide, não estavam dominados apenas por seu mestre imediato, mas também pelo superior dele.

Raniere, no topo da pirâmide, é conhecido dentro da seita como “Vanguard”. Seu braço direito seria Allison Mack, conhecida entre as pessoas que saíram do culto como “Pimp Mack” (Mack, a cafetina). Ela teria sido marcada por Raniere e dado a ele informações e outros materiais que poderiam destruir a vida dela, caso decidisse sair do grupo.

Os membros do DOS são marcados a ferro ou com as iniciais KR ou AM – ou, em alguns casos, com ambas –, respectivamente de Raniere ou Mack, eram forçados a ter relações sexuais e a revelar segredos pessoais e profissionais de suas vidas, sofriam abuso físico e psicológico, além de serem filmados ou fotografados nus, exibindo a genitália ou até durante o ato sexual.

Eles sofriam ameaças de que, se deixaram o grupo, sofreriam represálias com a divulgação desse material. Mas, apesar disso, muitos dos participantes sofreram o que pode ser considerada uma lavagem cerebral intensa e se consideram parte dessa relação mestre e escravo.

Raniere também é acusado de manter as mulheres sob seu comando numa dieta de 800 calorias, para que elas permaneçam com um peso e aparência física do seu interesse.

Quando Raniere foi preso, aparentemente Allison Mack estava presente com Nicki Clyne, atriz canadense que fez o papel de Cally Henderson Tyrol na série Battlestar Galactica.

Clyne faz parte do grupo desde 2007 e, segundo Parlato, também foi marcada a ferro. Mack e Clyne seguiram a polícia em seus carros após a prisão de seu guru.

Outra atriz envolvida com o grupo é Grace Park, que interpretou Shannon “Boomer” Valerii em Battlestar Galactica e fez parte do elenco do seriado Havaí 5-0. Ela teria entrado para o grupo NXIVM em 2008.

É preciso ressaltar que a maioria das mulheres citadas é vítima desse culto e muitas delas não estiveram envolvidas com os horrores do grupo interno DOS.

A justiça federal dos Estados Unidos lista duas outras pessoas – por siglas – como coconspiradoras no processo, além de Keith Raniere. Uma deles parece ser Allison Mack, a outra ainda não foi identificada.

Nicki Clyne e Allison Mack

Kristin Kreuk

Cicatriz com a marca AM

Cicatriz com a marca KR

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • ninguém

    Chamem o Superman!!!!

  • Digo Freitas

    Que coisa horrível! Lembro de ter lido algo sobre a Mack anos atrás mas nem chegava perto disso. Me lembrou o documentário “Scientology” que tinha no Netflix… Só que esse aí é mais pra Charles Manson.

  • Márcio dos Santos

    Isso é só a ponta do iceberg. Kubrick revelou mais do que devia em De Olhos Bem Fechados, por isso amanheceu morto.

    • ferrero roche

      VERDADE MARCIO !!!

  • Que triste! :(

  • FINASTERIDO

    EU SABIAI!!! com aquele babaca do Clark não fazendo nada com essas duas dando mole o tempo inteiro, um dia ia acabar acontecendo algo do tipo. Onde vamos parar??? CADE O BATMAN?????????

    • SᗩITᗩᗰᗩ

      Pessoas sofreram muito com isso, foram expostas, marcadas e transformadas em escravas sexuais.
      Se fosse sua mãe, você estaria fazendo piada também?

      • Marquito Maia

        Opa, não põe a mãe no meio… rs

        • FINASTERIDO

          exato. Muito bem colocado!

      • FINASTERIDO

        Sua pergunta é pessoal, desnecessária e obtusa. Acho que você deve contextualizar sua indagações sobre a notícia e não sobre as avaliações de qq pessoa aqui. Pois isso implica em fugir da proposta da página, que possui moderadores. Quando não gostar de alguma coisa, não curta… simples, não?

    • Wellington Rodrigues

      Somebody saaaaaaaaaave me!

  • Thiago A.

    Bizarro!

  • Marquito Maia

    Só nos EUA??? E a quantidade de igreja evangélica e afins que temos aqui na República de Banânia?!

    • ney passos

      Não misture as coisas…Criaram uma seita para satisfazer o desejo dos poderosos de Hollywood e voce vem aqui comparar com igrejas evangélicas ? como tem gente sem cérebro neste mundo. !!!

      • Marquito Maia

        Ué, ignorância por ignorância… Inclusive, na semana passada, parece que um “pastor” arremessou uma fiel, que se queixava de dores na coluna, ao chão, piorando ainda mais o estado de saúde da pobre criatura.
        Aliás, vamos combinar que essas igrejas evangélicas também estão a serviço de gente poderosa, ou seja, a Elite cruel desse país, que só quer saber de satisfazer seu desejo por dinheiro em detrimento do bem-estar da população mais pobre.
        “Como tem gente sem cérebro neste mundo”!!!

  • ARQUEIRO VESGO

    A verdadeira vilã de Smallville. Quem diria.

  • Stephan

    Para quem segue, os doidos são os que estão fora, e, ademais, quem tem razão neste mundo Demiúrgico, em que até o Futebol virou religião? Mortes fúteis motivadas por “deuses” de chuteiras são noticiadas quase que diariamente, e tem muita gente que acha isso “normal”…

  • ARQUEIRO VESGO

    Bonitinha mas ordinária.

  • Bem colocado. São exatamente iguais.

  • ferrero roche

    ESSA E SO UMA DAS VARIAS SEITAS DE SEXO OCULTAS DE Hollywood !!!

  • Marquito Maia

    Responda rápido (e sinceramente): você achou o comentário “engraçadinho” à primeira vista, ou não?

    • Paulo Henrique P. F. P

      Sem pestanejar: comentário estúpido.

      • FINASTERIDO

        contexto delicado… investigação séria…. huhum. Sobre uma seita e escravos sexuais…. é… retiro o que eu disse antes. Com certeza, Lex Luthor está envolvido! só alguém tão malvado poderia arquitetar algo assim.

        • Paulo Henrique P. F. P

          Salva de palmas. Você é muito criativo.

      • Marquito Maia

        Ok, mas cê não respondeu à minha pergunta… Alerta! Alerta! “Cidadão de Bem” na área!!!

        • Paulo Henrique P. F. P

          Que “pergunta”?

  • FINASTERIDO

    Absolutamente. Eu contextualizei no seriado e a referencia foi bem direta a Smallville. Você se sentiu tocado de alguma forma e interpretou como algo ofensivo. Apenas isso. Relaxa

    • Paulo Henrique P. F. P

      Esse é o ponto. Em cima de um contexto delicado, de uma investigação séria e de uma realidade terrível, você faz uma brincadeira. Não cabe. Simples. Você traz uma abordagem extremamente infeliz.