American Flagg será adaptado como série de TV

Por Sérgio Codespoti
Data: 27 setembro, 2017

A EuropaCorp TV Studios comprou os direitos para adaptar a HQ American Flagg, de Howard Chaykin, como um seriado de TV.

American Flagg é uma série de 50 edições, publicada pela First Comics, entre 1983 e 1989. Em 2031, o governo estadunidense mudou-se para Marte a a população do país é governada pela corporação Plex. Reuben Flagg, um ator de TV, é convocado para servir nos Plexus Rangers, na corrupta cidade de Chicago.

A versão para TV será desenvolvida por Matthew Bankston, da EuropaCorp. Chaykin atuará como produtor-executivo, com Mark Wheeler, Rick Alexander e o diretor e produtor Luc Besson.

O projeto está em seus estágios iniciais de desenvolvimento.

O apelo original da série de Chaykin era uma visão satírica da América, que mostrava a influência corporativa sobre o governo; o Reality TV como forma comum de entretenimento; a militarização da polícia; vigilância generalizada por parte das autoridades; a volta do autoritarismo fascista e nazista. Além disso, abordava temas mais adultos – e pouco falados nos quadrinhos mainstream – como política e sexualidade.

Outra curiosidade de American Flagg é que os direitos pertenciam a seus autores, uma conquista rara e importante para os escritores e desenhista daquele período.

American Flagg # 1

Save

• Outros artigos escritos por

.

  • Flavio Teixeira de Jesus

    Teremos a União Brasileira das Américas?
    :P

  • Olavo Nogueira

    Taí uma HQ que eu nunca li, alguém recomenda?

    • Pode ler sem medo, amigo. É muito boa!

    • Francisco Júnior

      Muito melhor do que muita coisa badalada por aí.

    • Pedro Bouça

      Marcou época!

  • James Howllet

    E Eu que reclamava na época da preocupação (do autor) em sobrepor a “sátira” (é…Eu achava a maior parte das “previsões” mais um recurso crítico/humoristico) a quase todo acontecimento (quando lia no mesmo período Watchmen, V de Vingança, Duna EC, etc… ) o que no meu entender acabava enfraquecendo a narrativa???

    Corta para 2017.

    Sabia de nada…Inocente!