Angeli e Laerte voltam a se reunir em Baiacu, lançamento da Todavia

Por Samir Naliato
Data: 22 novembro, 2017

Angeli e Laerte, que juntos (e ao lado de Glauco) produziram a lendária Chiclete com Banana, na década de 1980, voltam a se reunir em um novo projeto: Baiacu (formato 20,8 x 27,8 cm, 320 páginas, R$ 84,90), da editora Todavia, que tem um perfil diferente.

De acordo com a sinopse, “Baiacu é a cria anárquica e surpreendente. Um livro, uma residência artística, uma experiência estética”.

Para este livro, Angeli e Laerte selecionaram dez artistas e os reuniram numa residência na Casa do Sol, onde hoje funciona o Instituto Hilda Hilst. Durante duas semanas, os autores trabalharam juntos para conceber e criar uma obra livre e aberta, que experimenta com a linguagem dos quadrinhos, da poesia, da prosa e da fotografia.

Aos dez artistas juntaram-se os próprios editores da Baiacu, que colaboraram com desenhos e histórias, e mais cinco escritores e poetas, para completar o time que concebeu, criou e desenhou o livro. Um passeio por gerações, pontos de vista, perspectivas de vida, estilos e vozes.

Baiacu

• Outros artigos escritos por

.

  • Murphy do Sealab

    Muito curioso pra conferir o resultado.

  • Spectreman

    Gosto muito do que fizeram nos anos 80. Depois travaram. E de boa, acho que faltou mais uns 5 chavões aí nessa descrição. “Experiência estética” de cu é rola. Vai ser chato pra caramba e qualquer Chiclete com Banana antiga que comprar no sebo será muito melhor.

  • Acho natural a evolução dos cartunistas Laerte e Angeli. Vejo o pessoal reclamando da atual ausência de humor, que consolidou a carreira dos 2 nos anos 80, mas cada um deles tinha uma ideologia naquela época, junto com o compromisso deles em tocarem revistas próprias. E hoje é visível o quanto eles exploram essa linguagem mais livre, ficando bem transparente até mesmo a idade que eles tem, então seria uma questão mais filosófica, envelhecer deixando o humor de lado e amadurecendo mais literalmente.