Artista gráfico espanhol Serafín morre aos 77 anos

Por Equipe UHQ
Data: 14 junho, 2003

Auto-retrato de SerafínMorreu no último dia 4 de junho, em Madri, aos 77 anos, o humorista gráfico Serafín, bastante conhecido na Espanha e Europa.

Serafín Rojo Caamaño, que também era chamado de #El Marques de Serafín teve uma extensa carreira dedicada aos pincéis, que o levou a popularizar un mundo de aristocratas enjoados e etílicas que marcaram época, desde as páginas da revista de humor La Codorniz.

Charge de SerafínEle nasceu em Madrid, em 1925, mas mudou com a família para Valência em plena Guerra Civil espanhola. Em 1941 estreou nas páginas de El Peque, suplemento infantil do periódico Jornada de Valencia.

Pouco depois começou a colaborar na revista Jaimito, na qual deu vida a personagens que tornaram-se parte fundamental do título, como Doña Tere, Don Panchito e seu filho Teresito, Saturnino Chiquiflauta, Gon Golín e Quinielón.

Na Espanha, era considerado como um “adiantado no tempo” na criação de quadrinhos e charges para adultos, devido ao teor de suas obras.

Serafín tinha 14 livros pubicados e, nos últimos anos, colaborava com a revista La Golondriz.

Charge de Serafín

• Outros artigos escritos por

.

.

.