Artistas amazonenses organizam evento para o Dia do Quadrinho Nacional

Por Samir Naliato
Data: 29 janeiro, 2020

O grupo Ajuri realiza, pela segunda vez, evento em homenagem ao Dia do Quadrinho Nacional, a ser ser comemorado no próximo dia 30 de janeiro.

A comemoração foi instituída em 1984 e é uma referência a publicação daquela que é considerada a primeira história em quadrinho brasileira, As aventuras de Nhô-Quim ou Impressões de uma Viagem à Corte, autoria do cartunista Angelo Agostini, em 30 de janeiro de 1869.

Desde 2019, o grupo organiza um encontro de artistas amazonenses e, neste ano, a comemoração terá três dias, indo de 30 de janeiro a 1º de fevereiro na Banca do Largo, ao lado do Teatro Amazonas.

No evento, haverá palestras, oficinas, venda de trabalhos de artistas e apresentação de projetos a serem lançados pelos membros do grupo.

Das obras anunciadas destacam-se as HQs ganhadoras do Prêmio Manaus de Conexões Culturais da Fundação Municipal de Cultura (Manauscult): Ajuricaba, de Ademar Viera, Jucilandy Jr e Crystieê Santos; Trovão 2, de Luiz Andrade; No rastro do Eldorado – Uma biografia de Silvino Santos, de Evaldo Vasconcelos e Ricardo Souza; Maramunhã, de Evaldo Vasconcelos e Rayanne Cardoso; e A última flecha, de Emerson Medina e Romahs Mascarenhas.

Outros artistas do grupo que lançarão trabalhos no evento são Geovan Motter (T.E.A.M. e Totó 2), Romulo Gama (Sonho, O dedo do meio e Amar é um lance contraditório) e o parintinense Levi Gama (Teça e o Pássaro Negro e Caturama e a ilha dos Mistérios).

Além dos trabalhos individuais, o grupo também divulgará a coletânea Ajuri # 2 com trabalhos de todos os membros e com previsão de lançamento no segundo semestre.

Dentre os anúncios para 2020 está a o direcionamento de foco para a área de formação de novos artistas de quadrinho e profissionalização dos atuais, oferecendo uma série de palestras e oficinas com profissionais brasileiros renomados, como Gidalti Jr, Rogério de Campos, Wagner Willian e outros.

• Outros artigos escritos por

.

.

.