Digital, Print on Demand e mais: as mudanças da Editora JBC para enfrentar a crise de coronavírus

Por Samir Naliato
Data: 3 abril, 2020

Em março, o Universo HQ publicou uma matéria especial mostrando como o mercado editorial estava reagindo à crise provocada pela pandemia de coronavírus (leia aqui) e as mudanças no planejamento de editoras de quadrinhos, distribuição e livrarias.

Dentre as diversas editoras contatadas, estava a JBC, especializada na publicação de mangás.

Não recebemos a resposta até o fechamento do artigo mas, depois, a editora se prontificou a entrar em contato para falar sobre como estão trabalhando neste momento.

A Editora JBC também foi afetada e terá mudanças em seus planos com tudo o que está acontecendo. “O mundo mudou. Da noite para o dia, a realidade de todos foi drasticamente alterada por conta da pandemia do covid-19 (coronavírus). A editora precisou rever toda a sua estratégia de lançamentos para o ano de 2020, desde títulos em linha, mangás digitais até obras recentemente anunciadas”, afirmou Edi Carlos Rodrigues, gerente de marketing e comunicação.

Os meses de março e abril não chegaram a ter sua programação de lançamentos afetada. Neste período, são dez novas edições, dentre elas Os Cavaleiros do Zodíacoo Kanzenban – Volume 17, a versão trig (três volumes japoneses em um exemplar brasileiro) exclusiva para o Brasil de Sakura Wars, Hokuto no Ken # 6, as edições finais de Fire Punch e outros.

Em abril, chegam Fruits Basket # 3, UQ Holder # 16 e # 17 e Fire Punch # 7 e # 8.

Os Cavaleiros do Zodíacoo Kanzenban – Volume 17 Fruits Basket # 3

Uma das áreas que a editora pretende focar mais é o digital.

“Diante desse novo cenário, a JBC acredita que este é o momento de ampliar ainda mais o acesso de seu conteúdo aos leitores. Por isso, a produção das versões para ebook dos mangás da JBC foram intensificadas. Além dos simulpubs (capítulos publicados no Brasil no mesmo dia que no Japão), os encadernados seguirão sendo publicados nas principais plataformas. O catálogo hoje conta com mais de 500 volumes em formato digital”, explicou Edi Carlos

Os títulos podem ser encontrados em plataformas como Kindle, Ibooks, Kobo e Google Livros.

The Seven Deadly Sins teve o último capítulo lançado no final de março, enquanto The Ghost in the Shell – The Human Algorithm e Cardcaptor Sakura – Clear Card Arc (ambos mensais), e Edens Zero (semanal), seguem com suas publicações normais.

O mesmo vale para Sakura Wars e Gunsmith Cats, que têm o lançamento primeiro em digital em formato tradicional de 200 páginas; e as versões em tankobon de Fruits Basket e a volta de A Heroica Lenda de Arslan

Outros ajustes na produção da JBC ainda estão sendo feitos. “A começar pelas gráficas. Além da alta do dólar, as gráficas estão com dificuldade de importar alguns tipos de papéis usados nos mangás da editora. A redução de turnos nessas empresas também afetará a entrega dos produtos físicos dos próximos meses. Ainda há o problema de escoamento da produção. Fora a Amazon e outros sites, as lojas físicas estão fechadas por conta da quarentena”, analisou Edi Carlos.

“Algumas estão encontrando alternativas de seguir atendendo os seus clientes usando serviços de delivery, oferecendo frete gratuito ou até retiradas com hora marcada, mas ainda é pouco para absorver toda a produção mensal da JBC. Sem contar os produtos das demais editoras.”, ponderou.

De acordo com Edi Carlos, o departamento de marketing está trabalhando na divulgação das lojas parceiras que disponibilizam nossos produtos via internet ou encomenda por telefone, visando facilitar o acesso dos leitores aos mangás da editora e fortalecer as relações com lojas, comic shops e livrarias.

Outra novidade será o serviço de P.O.D. (Print on Demand), que começará em breve. “Com ele, o leitor poderá comprar qualquer edição de qualquer mangá que estiver disponível no novo serviço, facilitando para que possa completar a sua coleção. Os primeiro títulos do P.O.D da JBC serão o Henshin Mangá # 1, # 2 e o inédito # 3“, revelou.

Outros novos formatos de distribuição direta pela JBC também estão sendo estudados e logo serão divulgados para o público.

Sakura Wars # 1 UQ Holder # 17

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • VAM!

    Faço votos para que a JBC supere o momento de adversidade de forma vitoriosa!

    Pois espero, num futuro próximo, graças a ela poder ler integralmente SANCTUARY “o mangá que a Conrad não terminou”.

    Abs,
    VAM!

    • Pedro Henrique

      Sanctuary é o título que eu mais quero ler. Espero que lancem um dia.

  • GNTeixeira

    Nada específico sobre Battle Angel Alita – Last Order?

  • Felipe Ornaghi

    o quanto a compra de quadrinhos em bancas e loja fisica afeta a venda?
    neste mundo digital, tenho duvidas qt a isto

  • Paulo Correa

    Não.