Baixo Centro usa Belo Horizonte como cenário e terá evento de lançamento na cidade

Por Samir Naliato
Data: 6 novembro, 2015

A editora mineira Mingulim está lançando Baixo Centro, do artista Jão, que conta a história de dois protagonistas cuja aventura percorre espaços públicos de Belo Horizonte, como viaduto Santa Tereza, Praça da Estação, Avenida Afonso Pena, ruas da Bahia e Sapucaí.

O lançamento acontecerá no próximo domingo, dia 8 de novembro, em um dos movimentos que inspiraram a história, o Duelo de MCs (debaixo do ​v​iaduto Santa Tereza). O evento, com acesso gratuito e classificação livre, começará às 14h.

No encontro, Jão vai autografar livros para os interessados, conversar com o público sobre sua carreira, o processo criativo que deu origem ao trabalho mais recente e a produção mineira de artes visuais.

Baixo Centro custará R$ 24,90, e é a primeira graphic novel do autor, que atua na área desde 2007, tendo histórias lançadas em antologias de editoras e em revistas independentes. O roteiro foi feito pelo artista em parceria com o professor e poeta mineiro Rafael.

Inspirado no dia a dia de uma metrópole para criar uma história de aventura, a ideia surgiu a partir da relação do quadrinhista com o bairro, quando ele morava nas proximidades do viaduto Santa Tereza. A região – situada em Belo Horizonte, mas com características comuns às cidades grandes – é trabalhada nos desenhos ao longo de toda a trama. O objetivo do livro é permitir diversas camadas de interpretação, as impressões podem variar entre leitores. Em comum para todos esses públicos, a história propõe uma reflexão sobre a aceleração da vida em centros urbanos.

Depois do lançamento no dia 8, Jão estará no FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos no dia 15 de novembro para sessão de autógrafos a partir das 16h.

Clique na galeria para ampliar as imagens.

.

JãoJão

• Outros artigos escritos por

.

.

.