Biografia do criador do Capitão Gralha em pré-venda

Por Marcelo Naranjo
Data: 26 julho, 2016

Na década de 1940, um quadrinhista curitibano criou um dos primeiros super-heróis brasileiros, o Capitão Gralha com uma ampla galeria de histórias e vilões e foi resgatado na década de 1990 por jovens artistas que, em sua homenagem, criaram o personagem O Gralha.

Ele, na verdade, nunca existiu, mas na ficção se tornou lendário, ganhou prêmio, tornou-se famoso e quase foi homenageado por uma escola de samba. Essa história é revelada no livro Francisco Iwerten – biografia de uma lenda, de Gian Danton e Antonio Eder, lançamento da editora Quadrinhópole, que está em pré-venda ao preço promocional de R$ 14,00 reais até o próximo dia 29 de julho, com frete incluso.

O livro é do tipo “vira-vira”, com dois lados que se completam. Na primeira parte, é contada a biografia fictícia de Iwerten, como se ele de fato tivesse existido, sua vida, seus anseios, as inspirações para o Capitão Gralha e as dificuldades com a concorrência dos quadrinhos norte-americanos e a perseguição local contra seu personagem.

No outro lado, é contada a história “real”, com o contexto da criação de Iwerten e as consequências da história fake, que, de uma brincadeira para dar verossimilhança ao personagem Gralha, escapou do controle de seus autores e se tornou muito maior do que cada um poderia esperar.

O livro tem capa de JJ Marreiro e traz ainda o processo de criação visual de Iwerten. Os pedidos podem ser feitos para o e-mail profivancarlo@gmail.com.

biografia_iwerten

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Taí uma história interessante. Duvido que algo parecido tenha acontecido nos quadrinhos em âmbito mundial.

    • Pulando o Corguinho

      Paul Jenkis fez algo semelhante quando criou Sentry, mas numa escala menor.

      • Teve o As Incríveis Aventuras de Kavalier & Clay do Michael Chabon, que falava dos supostos criadores do Escapista, que logo depois teria quadrinhos na Dark Horser.