Brasileiro Gabriel Picolo viabiliza mais de um milhão de reais para produzir HQ

Por Marcelo Naranjo
Data: 6 março, 2019

O ilustrador e quadrinhista Gabriel Picolo, famoso por seu trabalho com fanarts de Teen Titans e muitíssimo popular nas redes sociais, arrecadou, em pouco tempo, quase trezentos mil dólares (mais de um milhão de reais) na campanha da HQ Icarus and the Sun, na plataforma internacional de financiamento coletivo Indiegogo. Interessados ainda têm 30 dias para apoiar o projeto.

A HQ é inspirada na lenda de Ícaro, que ousou voar perto do sol, o que derreteu a cera de suas asas, provocando sua queda – o mote seria uma história de amor proibido.

Em 2018, Gabriel Picolo foi convidado pela DC Comics para desenhar Teen Titans e ilustrou uma edição especial com a personagem Ravena (Teen Titans – Raven, escrita por Kami Garcia), que será publicada em julho. Além disso, ele também fez trabalhos para a Boom! Studios.

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Fabio Negro

    a porta que o Marcelo Quintanilha indicou, o Gabriel Picolo escancarou: a esses dois talentosos vai se seguir uma multidão de editores/artistas brasileiros e picaretas, atrás de dinheiro gringo

    • Sarah Oliveira

      Como assim picaretas?

      • Alex Dusfri

        Também achei estranha esta informação. Nunca fiquei sabendo de nenhum artista brasileiro que trabalhasse em editoras de outros países que fosse “picareta”. Mais um comentário leviano que se lê todos os dias na internet.

        • Sarah Oliveira

          Triste.

        • SE for o que estou pensando… o cara ainda anda preso no tempo e está totalmente desatualizados de quem são os editores e como anda o mercado internacional de quadrinhos!

          Agora se ele estiver falando de algo tipo Greg Land… é só mimimi mesmo! Rsrsrs

      • Fabio Negro

        Sabe… picaretas.
        Como em “abri o dicionário na palavra ‘picareta'”.

  • O lance é torna-se popular fazendo desenhos fofos de coisas extremamente populares, mesmo que não goste. Depois de conseguir milhares de seguidores no Insta, daí é só procurar financiamento de projetos autorais. Gênio.