Capitão América é preso por assédio sexual nos Estados Unidos

Por Marcus Ramone
Data: 25 abril, 2007

Mesmo depois de esfriada a repercussão de sua morte, o Capitão América continua virando notícia. Desta vez, o Sentinela da Liberdade aprontou feio e acabou sendo preso em flagrante no último dia 21 de abril, na cidade de Melbourne, Flórida, Estados Unidos, sob acusação de assédio sexual.

O “super-herói” em questão, na verdade, é o médico Raymond Adamcik, e tudo começou quando, trajado como Capitão América, ele se divertia em uma festa à fantasia frequentada por enfermeiros, paramédicos e outros profissionais da medicina, realizada no restaurante On Tape Café & Lounge.

A certa altura, talvez impulsionado por algumas doses a mais de álcool, o saliente doutor resolveu assediar uma mulher, apontando para o volume que fazia na parte inferior de seu uniforme, onde estava oculto um burrito (iguaria mexicana com formato bastante sugestivo) e balbuciando “palavras sujas”, segundo relatos da assediada.

Resultado: o nada exemplar “Capitão América” foi nocauteado pelo namorado da vítima, ao mesmo tempo em que alguém acionou a polícia.

Apesar da seriedade do assunto, é impossível não se divertir com a descrição da cena seguinte: enfileirados pelos policiais no lado de fora do restaurante, Batman, Superman, Capitão América e outros “heróis” esperaram a mulher apontar entre eles o seu agressor.

Capitão América preso

• Outros artigos escritos por

.