Cartunista da Disney provoca George Lucas em série de charges

Por Marcus Ramone
Data: 11 janeiro, 2016

O cartunista, escritor e animador da Disney/Pixar Floyd Norman vem chamando a atenção, nos últimos dias, por causa de uma série de charges postadas em seu perfil no Facebook.

Nas charges, Norman provoca o cineasta George Lucas, que vem dando declarações consideradas como fruto de arrependimento da venda da Lucasfilm para a Disney, inveja do sucesso do novo filme da série Star Wars e recalque pelo fato de a franquia ter seguido forte sem sua participação.

Uma dessas declarações, sobre a Disney ser “dona de escravos brancos”, é bastante citada nas charges de Norman. E uma das melhores provocações do cartunista mostra Mickey Mouse sugerindo ao cineasta não dar mais ideias para scripts.

Confira abaixo alguns desses cartuns.

Charge de Floyd Norman

Charge de Floyd Norman

Charge de Floyd Norman

Charge de Floyd Norman

Charge de Floyd Norman

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Fernando Leal

    Tenho muita curiosidade sobre essas tais ideias do Lucas para a nova trilogia, um dia alguém abre o bico.

    • Carlos

      Leia aqueles Gibis que se passa após o retorno de Jedi. Acho que hoje em dia eles são “Legends”, e não lembro o título, só lembro que ali o Palpatine “transfere” sua mente para corpos clones, o Luke vai aprender as artes do lado negro e existem novas armas do império, o Destruidores de Planetas.

      • Fernando Leal

        FALEU!

      • Fabiano G. Souza (Nerdmor.com)

        Essas não são ideias do Lucra$.

    • Francesco Adonay

      A continuidade original (Legends) envolvia uma guerra contra os seres Yuuzhan Vong, além de uma nova ordem Sith, sob o comando de Darth Krayt… Se estendia até 100 anos depois do ep. VI, com tramas mais profundas e maduras.

      Com toda certeza, o ep. VII do Lucas seria algo totalmente distinto da trilogia original e das prequels. Haveria inúmeros elementos dessas histórias que mencionei acima e também fortes aspectos de filmes de samurai.

  • Os escravagista branco são rancoroso em

  • Jonas Lobato

    Floyd Norman – cuja existência eu desconhecia até cinco minutos atrás – está cumprindo direitinho o manual dos puxa-sacos, e beijando fervorosamente a bunda da patroa Disney.
    Acho que o mundo seria um lugar melhor se os fanboys tivessem um pouco mais de respeito e gratidão por um homem que criou um universo simplesmente fantástico.
    O que a Disney fez foi apenas comprar (barato, creiam-me) essa idéia e fazer um filminho preguiçoso, praticamente uma refilmagem do Guerra Nas Estrelas original com novos personagens fraquíssimos. Lucraram horrores, claro. Mas quero ver como será o Universo SW daqui alguns anos, quando os traficantes de escravos ordenharem a vaca até matá-la. Aí vai ser um tal de “Volta, George, pufavô”.