Clube dos Quadrinheiros reúne vários autores do Amazonas

Por Sidney Gusman
Data: 13 abril, 2006

Clube dos Quadrinheiros - As Melhores Histórias
O livro Clube dos Quadrinheiros – As Melhores Histórias (formato
17 x 24 cm, 144 páginas em preto-e-branco, R$ 30,00), da Editora Valer,
é uma compilação de HQs que representam muito do que foi produzido na
cena underground de Manaus, na década de 1990. Todas foram publicadas
inicialmente em fanzines e vendidas de mão em mão, e agora ganham um formato
luxuoso.

São 16 histórias de variados estilos. As influências vão dos mangás à
linha clara franco-belga. Como era de esperar numa coletânea de tanta
gente – são quase 20 autores -, não há uniformidade nos trabalhos. Alguns
ainda apresentam traços e roteiros bem amadores, mas algumas histórias
merecem uma olhada com atenção. São os casos de O Trato e O
Peixeiro
, escrita por Mário Orestes e lindamente desenhada por Rogério
Romahs; Contos perdidos em uma cidade grande, de Geraldo Borges.

O Clube dos Quadrinheiros de Manaus surgiu a partir de um evento
em 1992. Até então, a cidade não possuía nada ligado à nona arte. Foi
aí que os autores passaram a se reunir semanalmente. O passo seguinte
foi realizar encontros anuais de quadrinhos, que contaram com a participação
de nomes como Lourenço Mutarelli, Laerte, Ota e Adão Iturrusgarai.

Graças ao trabalho desses autores, que publicavam suas HQs principalmente
no zine Franca Zona, a Secretaria de Cultura de Manaus chegou até
a realizar dois salões de humor na cidade. Pena que a iniciativa não tenha
prosperado.

Clube dos Quadrinheiros – As Melhores Histórias pode ser adquirido
por telefone (0XX-92-3633-6565) ou solicitado pelo endereço Rua Ramos
Ferreira, 1195 – Centro – Manaus/AM – CEP 69020-080. Mais informações
podem ser obtidas por e-mail com
Rogério Romahs.

• Outros artigos escritos por

.

.

.