Condorito está em campanha no Catarse para voltar ao Brasil

Por Marcelo Naranjo
Data: 16 dezembro, 2019

Após 27 anos sem ser publicado no Brasil, Condorito volta ao nosso país e marca a estreia do selo Quadriculando no mercado de histórias em quadrinhos. O personagem criado pelo já falecido cartunista chileno Pepo teve influência do desenho animado The Three Caballeros (conhecido por aqui também como Você já foi a Bahia?) da Disney.

Ali, figuravam Zé Carioca, Pato Donald, Panchito e outros personagens que tentavam aproximar os latinos dos Estados Unidos no ambiente da Segunda Guerra Mundial. A animação foi feita sob encomenda do governo norte-americano.

O Chile era retratado por um pequeno avião que tentava cruzar os Andes para levar correspondência. Pepo não se sentiu representado no personagem nem tão pouco ao seu país e, inspirado pelos animais humanizados da Disney, idealizou o Condorito.

Ele é um Condor, ave que simboliza o Chile, mas em trajes simples, vinculados aos mais humildes do seu país. Diferente dos personagens de Walt Disney, Condorito convive no mundo de humanos com traços exagerados. Ao passar dos anos, o traço do personagem se refinou e aos poucos se incluiu um elenco largo de apoio, fundamental para as piadas terem ressonância. Ele se tornou a imagem dos chilenos, chegando a transcender fronteiras e ser publicado em 13 países.

Condorito já foi publicado no Brasil pela Rio Gráfica (RGE), com doze edições a partir de 1982, só retornando depois de um intervalo de mais 10 anos, quando a Editora Maltese lançou oito edições, entre 1991 e 1992.

Condorito – Volume 1 (formato 29,7 x 42,3 cm, 48 páginas) traz material inédito no Brasil, com tradução atualizada, manutenção dos nomes originais dos personagens e dos lugares – parte essencial do humor de Pepo. Ele volta ao país no mesmo ano em que estreou uma animação produzida pela Fox.

Para viabilizar a publicação, a HQ está na plataforma colaborativa Catarse. Confira aqui como participar e as recompensas.

Condorito

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • ESSA é a capa? Tá horrível!

  • Stefano Barbosa

    Condorito é bastante popular nos países andinos (sem contar o próprio Chile)…