Conheça Lukas, o próximo título da Bonelli publicado pela Red Dragon Publisher

Por Samir Naliato
Data: 20 maio, 2020

A editora Red Dragon Publisher acaba de iniciar uma campanha de financiamento coletivo no Catarse para o seu próximo lançamento de um quadrinho da Sergio Bonelli Editore.

Lukas (formato 16 x 21 cm, 396 páginas), criado por Michele Medda e Michele Benevento, reunirá as quatro primeiras edições da minissérie homônima italiana.

Na Itália, o personagem conta com duas minisséries de 12 edições cada: Lukas e Lukas Reborn. A Red Dragon planeja publicar as duas em um total de seis volumes.

Ele retornou da sepultura, sem nome e sem memória: quem é o misterioso Desperto que vagueia pelas ruas da metrópole chamada Deathropolis? Entre as ruas de uma cidade grande, vagueando secretamente no meio da seita dos Despertos (pessoas que retornaram dos mortos, famintas por carne humana), há um desperto diferente de todos os outros. Ele saiu do túmulo sem nome e agora se chama Lukas.

Ele é capaz de sentir algo semelhante à empatia pelos vivos, uma vez que as memórias de sua vida real emergem das trevas que cercam seu passado. Ele sente nojo da ideia de comer carne humana. É como um lobo solitário que quer viver fora da matilha, iludindo-se a levar uma vida normal. Assim ele conheceu Bianca, uma mulher muito normal que trabalha em uma agência de publicidade, separada, com dois filhos adolescentes, Brian e Jéssica.

Lukas fantasia em deixar a cidade com Bianca, para recomeçar a vida mais uma vez. Ele sonha com a normalidade e com uma vida cotidiana comum, fora das trevas. Mas se ele pudesse lembrar de todo o seu passado, não estaria procurando luz e voltaria a se esconder, se soubesse o motivo da feroz caçada que Wilda Belsen (a cruel líder dos Despertos) desencadeou contra ele…

Então, Lukas terá que lutar para proteger seu sonho e a vida de seus entes queridos.

Para saber mais sobre o projeto, os planos disponíveis, recompensas programadas e apoiar, clique aqui.

Lukas

 

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Marcello S. Nicola

    O trabalho da editora com material da Bonelli é de primeira, assim como a Editora 85 e a Graphite