Continuação de 300, de Frank Miller, será lançada em abril

Por Sérgio Codespoti
Data: 24 janeiro, 2018

A editora Dark Horse anunciou a publicação da continuação de 300Xerxes – The Fall of the House of Darius and the Rise of Alexander, de Frank Miller, chegará às comic shops no próximo dia 4 de abril.

Xerxes é uma minissérie de cinco partes que mostra o rei persa em confronto com Alexandre, o grande. Algumas edições terão mais de 30 páginas.

Segundo Miller, esse é o primeiro confronto entre o Ocidente e o Oriente, o primeiro grande embate de civilizações.

O material foi escrito e desenhado por Frank Miller, e levou quase 20 anos para ser completado. As cores são de Alex Sinclair, que também fez Cavaleiro das Trevas III.

Xerxes – The Fall of the House of Darius and the Rise of Alexander # 1 custará US$ 4.99.

Capa de Xerxes

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Mr_MiracleMan_Jr

    O rei persa na época do Alexandre, o Grande, não era Dario III, neto do Xerxes?

  • Robert Roger Grosch Neto

    Será na qualidade de Cavaleiro das Trevas II? Porque ninguém merece aquilo. Era melhor nunca ter sido feito. O que acontece no mercado editorial? Tá faltando imaginação?

  • Aster Yupio

    Nota zero em história.

    • Douglas Coelho

      Pela própria “300”, já merecia zero em História.

  • Thiago A.

    Prevejo outra merda à vista, assim como cavaleiro das trevas 2.

  • Douglas Coelho

    A própria “300” tem centenas de erros históricos. São quadrinhos, até um homem pode voar.

  • Alessandro Souza

    Se a história não precisa ser verdadeira então não deve misturar fator reais com verdadeiros. Senão vai ter gente achando que Alexandre realmente combateu Xerxes.

    • Douglas

      Então alguém que vai à Nova Iorque anda olhando pra cima esperando ver algum super-herói ou um imperador romano morreu numa arena vítima de um gladiador? O importante é que a estória seja legal.

  • ninguém

    Liberdade poética do País de Oz.

  • Eu lembro e não acho tão horrível assim, mesmo concordando que não seja bom.

  • Luciano Souza

    A julgar pelos últimos trabalhos de Frank Miller esse material poderia continuar inédito. Saudade da parceria Miller/Jason de Cavaleiro das Trevas.