Culturama divulga capas e outros detalhes das novas revistas Disney

Por Marcelo Naranjo
Data: 22 fevereiro, 2019

Nesta última quinta-feira, 21 de fevereiro, a editora Culturama realizou um evento em São Paulo/SP para apresentar aos jornalistas, parceiros e convidados a sua nova linha de revistas em quadrinhos Disney.

Mickey, Pato Donald, Tio Patinhas, Pateta e Aventuras Disney têm 64 páginas cada e miolo em papel offset. A distribuição no mercado será em março, mas as revistas já poderão ser encontradas no ABCasa, evento que acontecerá em São Paulo até o próximo dia 25 de fevereiro.

O principal diferencial da Culturama é que ela nasceu como uma distribuidora com foco em mercados alternativos aos de banca de revistas, e essa é a aposta para as novas revistas Disney. Além dos títulos chegarem em bancas tradicionais, eles estarão disponíveis em supermercados, farmácias e lojas de comércio variadas, para atingir o maior público possível. Para isso, haverá um expositor personalizado nas lojas (veja foto abaixo).

Outro diferencial é a precificação das publicações. Todas terão um preço sugerido, que gira em torno de R$ 6,00, mas cada ponto de venda terá liberdade para poder praticar sua ação, podendo até mesmo vender por menos.

A editora disponibilizou um pacotes de assinatura em seu site, com direito a brindes.

A Culturama pretende ter participação constante em eventos, e o primeiro será o Festival Guia dos Quadrinhos, que acontecerá nos dias 13 e 14 de abril, em São Paulo/SP. Para essa estreia, foi revelada a vinda de Francesco Guerrini, artista italiano da Disney.

Clique na galeria abaixo para ampliar as capas das edições número zero.

.

Expositor personalizado

 

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • rui

    Como estou torcendo para que isto dê certo! Assim que possível ou comprar todas.

  • Tadeu Olivetti

    A lamentar a ausência das edições de luxo e suas continuidades. Os grandes mestres da Disney, tais como, Barks, Gottfredson, Murry, Taliaferro, Wright, Canini, continuarão no ostracismo, sabe lá, até quando.

  • Henrique Brum

    bem interessante a distribuição…espero que de certo

  • Canoa Furada

    Espero muito que dê certo, mostrando que as HQ’s ainda podem ser populares e não apenas de nicho.

  • Alexandre Floquet da Rocha

    Quer dizer que quem quiser comprar vai ter de pesquisar nos diferentes pontos de venda pra ver se encontra mais barato? Achei estranho. Mas como isso já acontece na Internet, tá valendo.

  • ARQUEIRO VESGO

    Com exceção da capa do Mickey, o resto é só capa escrota.

  • Alex Dusfri

    Uma coisa que gostei é que será tudo de papel offset. Adeus papel jornal.

  • Paulo AR Bogart

    Torcendo para que revistas em quadrinhos com aventuras de qualidade voltem a ser acessíveis aos pequeninos leitores, o que parece ser o público-alvo inicial da nova editora.
    Além dos saudosistas, como eu…

  • 0-Drix

    Não entendo paul newman (trad.: porr@ nenhuma) do mercado de quadrinhos, mas me aprece que esta estratégia não muda quase nada em relação ao que a Abril já praticava. Além do que, acho um erro não atender, de prima, o público consumidor dos encadernados temáticos e de autor.

  • Franklin Dourado

    E a Biblioteca Don Rosa que lamentavelmente nao foi publicada inteira aqui no Brasil?

    • FINASTERIDO

      nem vai ser. A prioridade agora é atrair o público infantil com as revistas mensais. Outras publicações ficam para depois…muito depois

  • Victor Vitório

    Torço pelo sucesso da empreitada, mas as mensais não são meu tipo. Gostaria de ver num futuro próximo uma publicação de bom material e preço intermediário, como “O melhor da Disney no Brasil 1950-1952”.

    • Em abril sai o Grande Almanaque Disney, formato americano, miolo offset, as mesmas 193 páginas dessa linha intermediária lancada pela Abril.