Danilo Beyruth desenhará Ghost Rider

Por Sérgio Codespoti
Data: 10 agosto, 2016

O brasileiro Danilo Beyruth é o novo desenhista de Ghost Rider, da Marvel Comics. As histórias serão de Felipe Smith, e a revista também incluirá com histórias curtas secundárias escritas por Tradd Moore, o outro cocriador dessa versão do personagem.

Embora Ghost Rider seja tradicionalmente traduzido no Brasil como Motoqueiro Fantasma, Robbie Reyes, o Ghost Rider atual, dirige um carro, um Dodge Charger, ao contrário de Johnny Blaze e Danny Ketch, os heróis anteriores possuídos pelo Espírito da Vingança, que dirigiam motocicletas. É complicado chamá-lo de “Motoqueiro” Fantasma, portanto. Motorista Fantasma seria uma tradução mais apropriada.

Robbie Reyes não foi possuído pelo Espírito da Vingança, mas pelo espectro do assassino em série Eli Morrow. Essa entidade o induz a matar e é Robbie que tenta superar essa força e fazer o bem. O novo herói surgiu em 2013 – e estreou sua própria revista em 2014 – e foi criado por Felipe Smith e Tradd Moore.

Ghost Rider # 1 será publicado em novembro. A capa da primeira edição tem arte de Marco Checchetto.

O Motoqueiro Fantasma – que foi adaptado para o cinema em dois filmes da Columbia Pictures, estrelados por Nicolas Cage – participará da quarta temporada de Agentes da S.H.I.E.L.D. Os direitos do personagem foram readquiridos pela Marvel Entertainment em 2013. Robbie Reyes será interpretado por Gabriel Luna.

.

All-New Ghost Rider # 1, arte de Marco Checchetto

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Stephan

    Daqui a pouco dão um jeito de criarem o Esqueitista Fantasma…

  • Eugênio Furtado

    Lembrando que o primeiro Ghost Rider “dirigia” um cavalo!

  • Essa arte em PB é do Danilo?

    • codespoti

      Sim, do Danilo com o Johnny Blaze. Mas é uma encomenda de algum fã, não foi pra publicação em revista.

  • Stephan

    Desde quando um serial killer, depois que morre, tem poderes semelhantes ao de um demônio? Saudades de Mike Friedrich, Mike Ploog, Roy Thomas e companhia…

    • Jorge

      Talvez se esse serial killer tenha feito um pacto com um demônio???

      • Stephan

        Talvez, mas é difícil imaginar algum demônio criando um concorrente ou possível adversário futuro.

  • Que merd** de Ghost Rider, motivo pra passar eu longe, mesmo q desenhado pelo Beyruth.

    • Stephan

      Idem!

  • Jorge

    Li a primeira série dele – que não saiu aqui – e gostei. A primeira edição, por sinal, com o começo da nova origem, é fantástica, lembrando bastante as origens de personagens clássicos da Marvel.

  • Jorge

    Lorde Lobo, hoje em dia como sabemos é raríssimo um escritor criar para uma das majors um personagem realmente “novo” – eles fazem isso para HQs autorais, já pensando grande (o que é extremamente justo).
    Mas eles conseguem negociar com Marvel/DC alguma coisa de royalties nesses casos de “novas versões” de “marcas” de propriedade da editora, como é o caso do Reys. São personagens com novas origens, visuais, coadjuvantes, vilões, ambientação, etc. então não acho que é forçado… é um meio-termo entre criadores/editoras que tem gerado bons personagens

    • Sim, claro… entendo isso. Mas, mesmo assim, me parece um tanto forçado chamar de “criação”. Mas… enfim!

  • Enoch

    Ghost & Furious

  • Pulando o Corguinho

    Nunca entendi porque a editora Abril colorizava o Motoqueiro Fantasma de verde, sendo que no original ele usa uniforme azul.

  • Pulando o Corguinho

    As primeiras histórias que li do Motoqueiro Fantasma foram na revista Heróis da TV da editora Abril e eu gostava daquele clima de terror. A Marvel deveria investir nisso e afastar o personagem da linha de super-heróis.

  • Canoa Furada

    Que capa sensacional! Espero que o título dure várias edições.

  • Marcelo Gomes

    Vamos ver se a Panini vai publicar essas histórias por aqui ou se ela vai continuar com o “fod@-se” ligado pro personagem -.-‘