Desentendimento entre editor da Sergio Bonelli e Mike Deodato Jr. inviabiliza projeto com Tex

Por Samir Naliato
Data: 24 março, 2015

O desenhista brasileiro Mike Deodato Jr. é um grande fã do gênero faroeste, e nunca escondeu seu desejo de participar de algum projeto com o ranger Tex para a Sergio Bonelli Editore – o que sempre deixou os fãs ansiosos. Como atualmente ele é artista exclusivo da Marvel, deveria haver uma autorização para que pudesse trabalhar com outros personagens. E ela foi dada pela editora.

Mesmo assim, desde ontem, não há mais possibilidade de o trabalho acontecer.

Um desentendimento entre o artista e o editor Mauro Boselli encerrou as negociações do que, possivelmente, seria uma edição do Tex Gigante. Pelo Twitter e pelo Facebook, Mike Deodato Jr. se mostrou muito irritado com o desfecho do caso.

“…acabei de mandar um editor da Bonelli tomar no cu. Sou a pessoa mais gentil do universo, mas esse demente cruzou todos os limites. Os desenhos que vocês viram de Tex foram os últimos que fiz em minha vida. Jamais desenharei o personagem novamente”, afirmou.

Em entrevista para o site italiano Bad Comics, Mauro Boselli comentou o assunto (veja aqui a matéria original).

“Em sua página no Facebook, Deodato (ou talvez um de seus fãs) fala de ‘sonho quebrado’. O problema é que era um sonho muito caro para a Bonelli, pois o bom Mike (‘o homem mais gentil do mundo’, como ele mesmo se define no Facebook) queria uma cifra (que não estou autorizado a divulgar) que é cerca do dobro do que pagamos aos nossos desenhistas mais antigos. E Mike queria isso somente para fazer o lápis. Nós dissemos que não era possível. Ele nos pediu tempo para refletir e disse que o dinheiro não era problema. Mas, depois, manteve a mesma opinião. Isso foi um problema. Mas é uma questão legítima. Assim, nos despedimos por e-mail, mas cometi o erro de pedir a ele para parar de dar entrevistas sobre o seu desejo de desenhar Tex, porque a colaboração era impossível em termos econômicos. Erro meu, porque as entrevistas foram dadas antes de conversarmos e eu não tinha percebido. Mike poderia ter me avisado sem ficar com raiva, mas ficou. E muito”, declarou.

Ao considerar que Boselli tornou pública a conversa particular entre os dois, Deodato decidiu publicar em sua página do Facebook toda a troca de e-mails feita entre eles. “Ele revelou nossa conversa privada e, claro, distorceu em seu favor. Não tenho alternativa além de responder postando toda a nossa conversa aqui, e assim vocês verem o quanto ele é legal. Omiti com ‘x’ o nome de algumas pessoas e telefones”.

Para ler a conversa na íntegra (em inglês), clique aqui.

Boselli respondeu na área de comentários da notícia sobre o post inicial do brasileiro. “Fantástico! O desleal Deodato transcreveu toda a nossa conversa por e-mail na sua página do Facebook, para que eu passe por mentiroso. Só que, se vocês tiverem a paciência de ler as mensagens de baixo para cima, verão que, na verdade, tudo corresponde ao que eu disse, que quem fez feio foi ele e que eu não o ofendi, mas ele sim. E agora?”, escreveu.

O primeiro artista brasileiro a desenhar para a Bonelli foi o paulistano Wilson Vieira, na década de 1970. No ano passado, foi anunciado que Ibraim Roberson e Pedro Mauro estão trabalhando em uma nova série escrita por Gianfranco Manfredi, chamada Adam Wild.

Tex, por Mike Deodato Jr.

Tex, por Mike Deodato Jr.

• Outros artigos escritos por

.