Don Rosa aciona advogados contra a Editora Abril

Por Marcus Ramone
Data: 21 novembro, 2006

“Editoras em todo o mundo me pagam um valor pelo uso de meu nome e de minha imagem na promoção e venda dos quadrinhos que produzo. Só a Abril resiste, de maneira bastante arrogante”. Este foi o teor do e-mail que o norte-americano Don Rosa enviou a este articulista na semana passada.

O quadrinhista revelou que, no ano passado, seus advogados ameaçaram a Editora Abril com uma ação judicial por causa do lançamento dos volumes 1 e 4 de Mestres Disney, dedicados a ele. “Não só usaram meu nome e imagem como ‘roubaram’ conteúdos das edições especiais que ajudei a criar e editar e que foram publicadas na Europa pela editora Egmont“, declarou.

Don Rosa afirmou que os advogados propuseram à Abril que, caso cessasse o uso de seu nome e de sua imagem, não seria impetrada nenhuma ação contra a editora. Houve aceitação do acordo, segundo o quadrinhista.

Procurado pelo Universo HQ, o diretor de redação Sérgio Figueiredo falou sobre o assunto. “O Sr. Don Rosa não gostaria que o nome dele fosse usado de forma proeminente, pois isso, no seu entender, representaria uma violação de direitos. Ainda que a interpretação do departamento jurídico da Editora Abril seja diferente, não foi preciso prolongar o assunto, já que a coleção Mestres Disney não alcançou o desempenho comercial que esperávamos e foi interrompida”, explicou.

Don Rosa

De acordo com Figueiredo, o próprio Don Rosa enviou as fotos por e-mail, a pedido dos editores da Abril, para a publicação em Mestres Disney. Assim, entendeu-se que havia a autorização do quadrinhista.

Há poucos dias, entretanto, Don Rosa soube, por intermédio de uma nota publicada no Universo HQ (cujo link foi a ele enviado por alguns fãs brasileiros), que a Abril irá relançar no próximo ano A Saga do Tio Patinhas (The Life and Times of Scrooge McDuck, no original), agora em formato americano e papel especial.

Foi então que o “Mestre dos Patos” resolveu expressar seu descontentamento no e-mail enviado ao UHQ. “Já instruí meus advogados a advertir novamente a Abril“.

Para quem estiver receoso de que, devido a esse entrevero, a republicação de A Saga do Tio Patinhas possa ser abortada, Sérgio Figueiredo afirma que a série é uma sequência de histórias em quadrinhos de propriedade da Disney, licenciada pela Abril, e que cabe exclusivamente à editora a decisão de como será editada.

“A Abril tem a licença da Disney que a permite usar histórias que criei, mas não tem o direito de usar meu nome sem minha permissão”, disse Don Rosa.

Sérgio Figueiredo rebateu: “Posso adiantar que nenhuma imagem do Sr. Don Rosa será usada sem a explícita autorização dele, pois esse é o nosso procedimento padrão. Na Saga do Tio Patinhas, o nome do autor será informado no conteúdo editorial, como as regras da boa edição recomendam”.

Até o fechamento desta nota, os advogados de Don Rosa não haviam recebido resposta ao e-mail enviado à Abril, segundo afirmou o quadrinhista.

Assim, ainda devem ser escritos novos capítulos dessa desagradável história de bastidores.

De uma forma ou de outra, espera-se que o resultado dessa briga de gigantes seja favorável a todas as partes envolvidas, incluindo-se aí os leitores. Os quadrinhos Disney passam por uma onda de cancelamentos em alguns países e tudo o que os fãs brasileiros desejam são boas notícias sobre o lançamento de mais HQs com a turma de Patópolis.

Editora Abril

• Outros artigos escritos por

.

.

.