Editora JBC completa 25 anos e anuncia novidades como Nausicaä e mais

Por Samir Naliato
Data: 24 março, 2020

A Editora JBC está completando 25 anos de fundação e, para comemorar, realizou uma live  no YouTube (assista abaixo na íntegra) na qual foi relembrada a trajetória da editora e diversas novidades foram anunciadas pára os fãs de mangás.

Participaram Marcelo Del Greco , gerente de conteúdo, e Edi Carlos Rodrigues, gerente de marketing.

O principal anúncio foi a republicação de Nausicaä do Vale do Vento, obra do premiado Hayao Miyazaki, famoso mangaká e diretor dos longas animados do Estúdio Ghibli (A viagem de Chihiro, O serviço de entregas de Kiki, O Castelo Animado, Meu amigo Totoro, Ponyo – Uma aventura que veio do mar e tantos outros).

Nausicaä já foi publicando anteriormente no Brasil pela Conrad, entre 2006 e 2009, entretanto foi interrompido antes de seu final. A obra saiu originalmente no Japão entre 1982 e 1994.

O avanço do industrialismo contaminou o ar e a água, dizimou a fauna e a flora e se transformou na grande ruína da humanidade. Durante a chamada Guerra dos Sete Dias de Fogo, as grandes metrópoles desmoronaram por causa das substâncias tóxicas que elas mesmas produziram e espalharam.

Uma floresta chamada Mar Podre, onde plantas liberam pólen venenoso, cresce a uma velocidade assustadora, assim como a mortalidade infantil. A maior parte do solo se tornou estéril e o menor vestígio do pólen pode colocar toda uma plantação em risco.

Praticamente toda tecnologia foi perdida e a humanidade passou a sobreviver em pequenos reinos. Um deles é o Vale dos Ventos, onde vive Nausicaä, uma princesa que viverá uma saga épica na qual será decidido o futuro de um mundo devastado.

Outras novidades foram:

  • Tempo com Você (Tenki no Ko – Weathering with You) em novel e mangá, ambos baseados no longa animado de Makoto Shinkai, o mesmo autor de Your Name;
  • What a Wonderful World, edição única que reúne 20 contos de Inio Asano (Boa Noite, Punpun);
  • Chi’s Sweet Home, mangá voltando para o público infanto-juvenil sobre o dia a dia de uma gatinha das mais peraltas.

 Nausicaä do Vale do Vento

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Silvio César

    Espero que publiquem Nausicaä do mesmo jeito da que Conrad fez. Só assim eu completaria a minha coleção. Aliás, essa Conrad era mestre em fazer raiva ao povo que colecionava. Coleções que começavam e não terminavam: DBZ kanzenban, Sancturary (queria que voltasse…) e Nausicaä…

    • Marquez

      Eles disseram que vão publicar em sete volumes mesmo, seguindo a edição japonese. Acho que ainda não decidiram as dimensões.

    • VAM!

      Eu também tenho esperanças de que um dia a JBC invista em “SANCTUARY” que ela parou na metade.

      Minhas edições estão quietinhas no canto dos mangás, só aguardando o dia em que poderei lê-las novamente com a certeza de sua continuação.

      Abs,
      VAM!

    • provavelmente não será

  • Finalmente Nausicaa! E adorei o formato.

  • Danillo Urquiza de Figueirêdo

    Finalmente Nausicaa!!!!!!

  • Felipe Ornaghi

    grande jbc
    poderia imitar a panini e vender pelo site com desconto e frete grátis

  • Alessander Botti Benevides

    Nausicaä!!! Finalmente!!!
    Tenho os 5 volumes da Conrad, e os 7 da Viz Media (em inglês), e digo que a versão da Conrad tem qualidade muito melhor.
    Seria muito bom se a JBC seguisse esse padrão de qualidade. Por exemplo:

    1. A Conrad traduziu as onomatopeias (efeitos sonoros) nos quadros, enquanto que a Viz Media as manteve em Japonês e colocou um glossário com a tradução das mesmas ao fim do volume. JBC, por favor, traduza as onomatopeias nos quadros, assim como a Conrad, pois a perda de imersão causada pelo uso constante do glossário não compensa o ganho de manter a arte original.

    2. O papel utilizado pela Viz Media é branco (ruim para ler) e amarelou com o tempo, enquanto que o papel utilizado pela Conrad é bege (bom para ler) e está em perfeito estado a anos.

    3. A capa utilizada pela Viz Media é muito fina e frágil, enquanto que a capa da Conrad é resistente e possui uma bela arte colorida interna.

    Será que vão publicar “The Art of Nausicaä of the Valley of the Wind: Watercolor Impressions”? Tenho a versão da Viz Media, mas seria muito legal se a JBC publicasse!

    P.S.: Uma correção: “onde plantas liberam pólen venenoso” -> não são plantas, mas fungos; é uma floresta de fungos.