Equatoria é o título do novo álbum de Corto Maltese

Por Sérgio Codespoti
Data: 11 julho, 2017

O novo álbum de Corto Maltese – personagem criado por Hugo Pratt –, Equatoria, será publicado pela editora Casterman em 27 de setembro.

Assim como no anterior, Corto Maltese – Sous le soleil de minuit, o enredo e a arte serão respectivamente de Juan Díaz Canales (autor de Blacksad) e Rubén Pellejero, ilustrador da série Dieter Lumpen e do premiado álbum El silencio de Malka.

A história se passa em 1911, entre Veneza e a África Equatorial, mais precisamente Equatória, uma província no país hoje conhecido como Sudão do Sul, criada em 1870, quando a região fazia parte do Império Britânico. Essa região inclui áreas que atualmente fazem parte do Sudão do Sul e de Uganda. Corto Maltese terá apenas 19 anos

Para promover o lançamento, a HQ está sendo “pré-publicada” em capítulos de oito páginas, na revista Le Figaro Magazine. Novos episódios serão publicados semanalmente até o dia 25 de agosto.

Este ano, Corto Maltese completará 50 anos e o lançamento faz parte das celebrações programadas para o personagem.

Corto Maltese - Equatoria

• Outros artigos escritos por

.

  • Jason Todd McFarlane

    Enquanto isso, aqui no Brasil continuamos sem os álbuns inéditos do Pratt… Lamentável.

  • Enn

    alguém sabe quais álbuns do Pratt ficaram faltando ser publicados aqui no Brasil?

    • Clipping Observador

      Acho que inéditos restam 4 (Na Sibéria, Fábulas de Veneza, A casa dourada de Samarcanda e Tango, que já chegaram no Brasil através da Meribérica, de Portugal). Dos 12 do Pratt, a Pixel publicou 5: A balada do mar salgado, Sob o signo de capricórnio, Sempre um pouco mais distante, As célticas e As etiópicas. A nemo publicou 3: A juventude, As helvéticas e Mu a cidade perdida.

      • Douglas Coelho

        Por incrível que pareça, encomendei hoje, com um amigo de Portugal, os álbuns restantes. Vai sair caro, mas é uma meta minha. Após essa despesa vou procurar essas novas edições.

      • Kevin Melo Accioly

        Falta a parte 1 de sob o signo de capricórnio (na mão dos piratas, algo assim)

        • Pedro Bouça

          Está tudo na edição brasileira. Essas edições (que são compilações de histórias curtas publicadas na revista Pif Gadget) foram redivididas nas edições coloridas novas em volumes como Sob a Bandeira dos Piratas ou coisa assim.

          Mas Sob o signo de capricórnio, Sempre um pouco mais distante, As célticas e As etiópicas contém juntas todas as 21 histórias curtas de Corto. Pode confiar!

      • Enn

        opa, valeu, preciso ver de correr atrás dessas versões de Portugal do material, já que aparentemente vai ser difícil sair aqui

  • A Nemo tem interesse em continuar com Corto Maltese?

    As vendas foram bem ou encalharam igual na Pixel?

    • Jason Todd McFarlane

      Aparentemente, encalharam. Há alguns anos venho perguntando pra eles, e sempre dizem que “não pretendem lançar.”

      • Pedro Bouça

        Até quando ainda publicavam muito material europeu eles já tinham desistido do Corto.