Esposa de Ed Motta produz graphic novel

Por Equipe UHQ
Data: 3 março, 2001

Graphic Novel de Edna LopesA artista gráfica Edna Lopes, uma curitibana de 38 anos, ganhou notoriedade quando começou a ilustrar as capas dos CD´s de seu marido, o cantor Ed Motta. Além disso, ela assinou o cenário de seu show e criou seu site, que tem, inclusive, um setor com dicas de quadrinhos.

Agora, de acordo com o jornal O Globo, Edna prepara-se para lançar uma graphic novel. Trata-se da história de uma jovem que percorre regiões do Brasil e que, nessa longa viagem pelo País, tenta decifrar alguns enigmas pessoais. “O traço de Edna vai reproduzir regionalismos, peculiaridades de várias cidades brasileiras, além de maneiras de falar típicas desses lugares”, explica Martha Ribas, da editora Casa da Palavra, que lança o livro ainda este ano.

Martha ressalta que, por se tratar de uma autora de quadrinhos que criou uma personagem feminina, o livro traz também idiossincrasias do universo das mulheres e ricas referências culturais. “Ela tem uma grande cultura e um repertório calcado em célebres imagens do cinema, em especial o americano, como os clássicos dos anos 50″, avalia. No futuro, a artista pretende fazer uma história ambientada no sul. “O Brasil costuma ser retratado como um país da miséria; e não somos só isso. Somos um país diversificado na cultura e na economia”, diz Edna.

O amor pela arte foi incentivado pelo pai, João, dublê de pintor e caixeiro-viajante. “Eu quis aprender pintura, mas, com meu pai perto, virei autodidata. Mas sempre tive a sensação de que tinha alguma coisa a mais para fazer; e foi aí que cheguei aos quadrinhos”, conta. Segundo Edna, Ed Motta a ajudou a sofisticar a leitura dos quadrinhos, apresentando-a a materiais de autores como Jacques Tardi, Jean-Michel Charlier, Edgar Pierre Jacobs e Will Eisner. “Hoje, gosto de ler Chris Ware, um americano de Chicago, a melhor coisa que surgiu em muitos anos; e Jason Lutes, de Seattle, e o também americano Joe Matt. Entre os nacionais, Marcatti, desenhista underground de São Paulo”, finaliza.

• Outros artigos escritos por

.

.

.