Estatueta do Troféu HQ Mix homenageia 150 anos do primeiro quadrinho nacional

Por Samir Naliato
Data: 9 agosto, 2019

A 31ª edição do Troféu HQ Mix vai comemorar os 150 anos da publicação do primeiro quadrinho brasileiro.

A coordenação do evento apresentou a escultura da estatueta, baseada no personagem Nhô Quim, do autor Angelo Agostini, confeccionada no processo 3D pelo artista plástico Itamar Braga, com a reprodução do artista Wilson Iguti.

O Brasil é um dos pioneiros na publicação de quadrinhos na era Gutemberg. Muito antes do que os americanos dizem ser o início dos quadrinhos no mundo, com a publicação do personagem Yellow Kid, de Richard Felton Outcault, no jornal New York World, em 1895. Na verdade, Angelo Agostini, italiano radicado no Brasil, foi personagem importante da época, como ativista pelo movimento republicano e antiescravagista.

Considerado o maior artista gráfico do segundo reinado, começou a publicar quadrinizações antes dessa data, em O Cabrião, em São Paulo. Mas, foi na primeira graphic novel do mundo, As aventuras de Nhô Quim, que criou personagem fixo e com capítulos semanais, publicados no periódico Vida Fluminense.

Baseado nas pesquisas realizadas pela Associação dos Caricaturistas e Quadrinhistas de São Paulo, fundada à época pelo cartunista Jal e o editor Gualberto Costa, em 1984, foi criado o Dia do Quadrinho Nacional, na data de 30 de janeiro e comemorada em todo o País desde então.

Além disso, a organização do HQ Mix escolheu Carlos Edgard Herrero como o Grande Mestre dos Quadrinhos desta edição. Ele estudou na Escola de Belas Artes e desenhou cerca de quatro mil páginas de quadrinhos Disney para a Editora Abril. Criou o visual de diversos alter egos do personagem Peninha, como o herói Morcego Vermelho e o caubói Pena Kid. Também colaborou com a revista Crás! e desenhou HQs de suspense, terror, ficção científica e faroeste, além de escrever e ilustrar livros infantis.

A entrega do prêmio acontecerá no dia 15 de setembro de 2019, às 17h30min, na comedoria do SESC Pompeia, em São Paulo, com apresentação de Serginho Groisman.

Clique aqui para ver os indicados.

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Jorge Adriano Dos Santos

    Esses troféis cada vez mais lindos. Eles deveriam fazer figures dessas pra vender.