Exposição de HQs em São Vicente retrata José de Anchieta

Por Equipe UHQ
Data: 6 fevereiro, 2004

Nos Passos de AnchietaA Supervisão de Educação de São Vicente, por meio da Biblioteca Municipal inaugura hoje a exposição de histórias em quadrinhos Nos Passos de Anchieta, na Gibiteca Bigail (Rua Frei Gaspar, 280, Centro).

A mostra tem 20 peças entre originais A3 e A4, além de estudos dos personagens, e integrou as atividades em comemoração 470 anos de nascimento de Anchieta no projeto Caminhos de Anchieta, do Governo do Estado de São Paulo.

O desenho e a arte-final são de Fabrício Dias, 16 anos, aluno das Oficinas Culturais da Secretaria da Cultura de São Vicente, com roteiro de Fábio Tatsubô.

Confira uma sinopse de Nos Passos de Anchieta.

Nos Passos de AnchietaCorria o ano de 1540. Depois de quase 150 anos das grandes navegações portuguesa e espanhola, as pessoas mais esclarecidas começavam a aceitar o fato de que a Terra era redonda.

Em meio a um burburinho de idéias novas e técnicas de navegação que se modernizavam rapidamente, o menino José de Anchieta, numa das sete ilhas que formam as Canárias, via descortinar-se a seus olhos um novo mundo.

O porto de Tenerife, o mais importante do arquipélago, era parada obrigatória dos navios portugueses. Ali se abasteciam para seguir viagem rumo ao Oriente e ao Novo Mundo.

Acostumado desde pequeno a contemplar embarcações que se lançavam à aventura de conquistar novos mares, terras e riquezas, José provavelmente já alimentava o sonho de viagens e novos conhecimentos. Quem sabe esse impulso para o descobrimento de outras terras e culturas o tenha levado também a escolher a carreira sacerdotal, a fim de cumprir o seu destino de construir uma obra abrangente e renovadora em terras virgens.

A exposição pode ser visitada de 2ª a 6ª feira, das 8 às 17h.

Nos Passos de Anchieta

• Outros artigos escritos por

.

.

.