Faleceu Williandi, quadrinhista potiguar, após lutar contra câncer

Por Samir Naliato
Data: 16 dezembro, 2019

O quadrinhista potiguar Williandi Albuquerque morreu hoje, dia 16 de dezembro, aos 53 anos, vítima de um câncer no esôfago descoberto no último mês de setembro.

Inicialmente com produção concentrada em fanzines de Natal/RN, se associou à revista Maturi com outros artistas do estado. Paralelamente aos quadrinhos, era também dentista e continuou a exercer a profissão enquanto desenhava.

Desde 2007 trabalhou na revista Maturi, produzidos por autores potiguares que durou seis números. Em 2010, participou da antologia MSP + 50 – Mauricio de Sousa por mais 50 artistas, desenhando uma história do Cebolinha que homenageava o clássicos das tiras de jornal Little Nemo.

Em 2013, integrou a coletânea Visualizando Citações e, em 2017, colaborou com Vôts!, edição também produzidas por autores de Natal.

Williandi deixa duas filhas e esposa.

Williandi Albuquerque

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • miguelrude

    Que deus conforte a família,
    Serei sempre grato a grande ajuda que me deu quando precisei.
    Descanse em paz, amigo.

  • E hoje faleceu o Emanoel Amaral, um dos fundadores do GRUPEHQ.