Filme baseado em Y – O último homem é cancelado e direitos retornam aos criadores

Por Samir Naliato
Data: 1 outubro, 2014

Após anos de tentativas para levar Y – O último homem para o cinema, o projeto foi cancelado. A confirmação veio do diretor Dan Trachtenberg, que trabalhava na adaptação.

De acordo com ele, o roteiro do longa-metragem cobria, essencialmente, os dois primeiros encadernados da série. O objetivo era transportar toda a saga para as telonas.

Assim, a informação dada no início deste ano foi confirmada e os direitos de filmagem reverteram para os criadores do título, o escritor Brian K. Vaughan e a desenhista Pia Guerra. Agora, os dois podem negociar diretamente com estúdios interessados na história, seja para o cinema ou a televisão, se assim desejarem.

Publicado pela Vertigo entre 2002 e 2008, Y – O último homem durou 60 números e venceu cinco prêmios Eisner Award. O título conta a história de um mundo sem homens. Ou quase. Todas as criaturas com um cromossomo Y morreram instantaneamente ao redor do globo terrestre. Com a perda de mais da metade da população, a sociedade fica à beira do colapso e cabe às mulheres o fardo de juntar os pedaços e tentar manter nossa civilização.

Mas, por alguma misteriosa razão, o jovem Yorick Brown e seu macaco de estimação Ampersand foram poupados do massivo extermínio. Do dia para a noite, esse desconhecido de vinte e poucos anos virou o único homem do planeta e a chave para decifrar o mistério que varreu o sexo masculino do mapa.

No Brasil, a história foi publicada, na íntegra, pela Panini Comics, ao longo de dez edições encadernadas.

Y – O último homem - Volume 1 - Extinção

• Outros artigos escritos por

.

.

.