FIQ 2015 começa hoje, saiba o que vai rolar no evento

Por Samir Naliato
Data: 11 novembro, 2015

FIQ 2015A nona edição do FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos (Av. Assis Chateaubriand, 809, Floresta, Serraria Souza Pinto) começa hoje na cidade de Belo Horizonte/MG e continuará até o próximo domingo, dia 15 de novembro. O evento, cuja entrada é gratuita, faz parte do calendário cultural da cidade, com realização da Fundação Municipal de Cultura, da Prefeitura de Belo Horizonte.

Durante esses cinco dias, serão muitos encontros, exposições, oficinas e lançamentos (leia aqui nosso guia de títulos), procurando reafirmar a pluralidade que marca o perfil do festival.

O quadrinhista Antonio Cedraz, criador da Turma do Xaxado, é o homenageado deste ano. Ele foi convidado no início de 2014, alguns meses antes de falecer.

Dentre os autores nacionais e internacionais convidados, estão Mauricio de Sousa, Jeff Smith, Gail Simone, Cameron Stewart, Amy Chu, Howard Chaykin, Marguerite Abouet, Jen Wang, Marcelo D’Salete, Shiko, Fernanda Nia, Bianca Pinheiro, Lelis, Vitor Cafaggi e Lu Cafaggi e vários outros.

O Beco dos Artistas quase quadruplicou em relação a 2013, com um total de 123 mesas e quase 250 quadrinhistas.

Pela segunda vez, acontecerá a rodada de negócios em parceria com o SEBRAE/MG, que vai possibilitar o encontro de artistas com representantes de 12 editoras brasileiras.

No site oficial do evento é possível ver toda a programação e lista de convidados em detalhes.

Para ficar informado sobre o FIQ nos próximos dias, confira a cobertura do Universo HQ tanto aqui no site quanto em redes sociais: Twitter, Facebook e Instagram (clique nos respectivos links para nos seguir).

Exposições

Alves: Cerrado em quadrinhos – Um passeio pelas veredas, matas de galeria, campos e chapadas, do cerrado mineiro através das tiras e desenhos do quadrinhista Evandro Alves. O público também pode conferir um painel, que será pintado, ao vivo, durante o evento, pelo artista.

Cedraz: mestre dos quadrinhos – Dono de uma carreira consolidada e de uma produção significativa, o homenageado é tema desta exposição.  Com curadoria de Lucas Pimenta, a mostra reúne as interpretações de dezenas de quadrinistas dos personagens criados pelo baiano.

Heroica – A imagem e vestuário de super-heroínas e vilãs clássicas dos quadrinhos, Mística, Feiticeira Escarlate, Psylocke, Elektra e Hera venenosa, reinterpretadas por cinco quadrinhistas brasileiras: Estúdio Seasons, Mariana Cagnin, Priscilla Tramontano, Pri Wi e Laura Athayde. A exposição foi concebida por Ariane Rauber e Cris Peter, e curadoria de Ariane Rauber. As cosplayers que interpretarão as personagens são: Sabrine Keila, Ayumi Yuu, Lucianna Furtado, Jeice Cruz e Jessy Naiara. A produção técnica é de Vitória Barros e a confecção dos figurinos de Eva Cosmaker.

A ciência dos super-heróis – Usando conceitos científicos atuais, alguns famosos heróis dos quadrinhos são repensados à luz da ciência e tecnologia plausível, como a Mulher Invisível, Flash, Homem-Aranha, Hulk e Homem de Ferro. Com desenhos de Márcio Fiorito, Eduardo Pansica, Rodney Buchemi, Júlio Ferreira e Cris Bolson. As cores são de Giovanna Guimarães.

Outras atividades

Auditório Mateus Gandara – Ponto de encontro para bate-papos, debates e atividades interativas, com várias sessões ao longo de cada dia. No espaço também acontece a abertura oficial do evento.

Gibiteca – Parte do acervo da Gibiteca Antônio Gobbo, da Biblioteca Infantil e Juvenil de Belo Horizonte, estará disponível para leitura do público. São centenas de títulos dos mais variados gêneros

Oficinas – Dezenas de oficinas tanto básicas, voltadas para o público em geral, como as específicas, direcionadas aos profissionais de quadrinhos. As oficinas masters são ministradas por convidados do evento.

• Outros artigos escritos por

.

.

.