Histórias famosas de Bernard Krigstein são reeditadas

Por Sérgio Codespoti
Data: 7 fevereiro, 2018

Bernard Krigstein é um nome muito importante dos quadrinhos estadunidenses. Ele ficou conhecido pelo seu trabalho na revista Mad e por centenas de HQs da editora EC Comics, de William Gaines.

Suas HQs mais famosas, dentre elas Master Race, foram criadas entre 1953 e 1955. A IDW republicou muitas dessas pérolas esquecidas no livro Master Race and Other Stories. Os roteiros são de Gaines, Al Feldstein, Ray Bradbury, Otto Binder, Carl Wessler, Jack Oleek e outros.

Master Race, a HQ que dá título a essa antologia, mostra Reissman, um ex-comandante nazista de um campo de concentração, no metrô de Nova York, sendo reconhecido por um passageiro que foi seu prisioneiro durante a Segunda Guerra.

Publicada na Impact Comics # 1, em abril de 1955, se tornou um marco da editora, não apenas pelo tema ousado naquela época, mas pelo virtuosismo visual de Krigstein e seu controle do ritmo e do tempo dessa HQ, que tem apenas oito páginas.

Pra dar uma ideia da importância da HQ, Art Spiegelman, John Benson e David Kasakove escreveram o artigo The Examination of Master Race.

Outras histórias da coleção são: Slave Ship (inédita) e The Monster From The Fourth Dimension. Além disso, o livro traz ensaios e artigos sobre as HQs publicadas.

Para quem se interessar pelo trabalho do artista, a Fantagraphics também publicou os livros B. Krigstein, Vol. 1 e B. Krigstein Comics, editados por Greg Sadowski.

Master Race and Other Stories tem 232 páginas em preto e branco e custa 29,99 dólares.

Master Race and Other Stories

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Carlus Alexandre

    Que bela notícia!!! A Master Race foi editada por aqui nos anos 80 na saudosa revista Cripta do Terror n° 5, tenho essa edição e sempre achei sensacional a narrativa gráfica dessa HQ!

    • Alessandro Souza

      Essa história foi considerada o canto do cisne da EC. Depois de um tempo virou editora de uma revista só, a MAD. Uma pena que em terras tupinambás nunca houve uma edição do material da EC com a qualidade que esse material merece.

  • Marcello S. Nicola

    Pôxa, pensei que estavam anunciando lançamento no Brasil

  • Alessandro Souza

    Enquanto isso no Brasil… nada. Acho uma vergonha esse material da EC não ter saído de forma decente e regular. As edições da editora Record tinham qualidade gráfica sofrível. Se eu ganhar na mega, eu abro uma editora e lanço por aqui. Amantes de bons quadrinhos, torçam por mim!!!!