A influência dos mangás é destaque na SketchCON I – Art Convention

Por Marcelo Naranjo
Data: 2 junho, 2017

Takashi Murakami, artista plástico, fundador do movimento superflat, declarou que nada representa melhor a cultura pop japonesa que os animês e mangás. “Eles o cartão de visita das tendências, espirito e pensamento do Japão para o mundo”, disse.

Com a popularização das produções orientais, sua presença no âmbito do entretenimento também cresceu no Ocidente, influenciando artistas dos mais variados setores. Ilustradores e quadrinhistas agregaram aos seus estilos os recursos dos mangás aos seus trabalhos.

O número de desenhistas e roteiristas brasileiros influenciados pelos mangás também cresceu, e as coleções SketchBook Custom e PostArt Collection, da Editora Criativo, abrigam uma mostra disso. Nela estão desde os pioneiros Arthur Garcia e Júlio Shimamoto até os talentos femininos Neide Harue,  Cah Poszar, Mari Santtos, Melody, Talessak, Renata Celi, Tetisuka, Adriana Yumi e Letícia Yukie, dentre outras.

A maioria desses artistas estará presente na SketchCON I – Art Convention, promovida pela Editora Criativo, para autografar seus álbuns e conversar com o público. O evento acontecerá no dia 11 de junho, domingo, no Jazz Restô e Burgers (Largo Dona Ana Rosa, 33 – Vila Mariana, ao lado metro Ana Rosa), em São Paulo/SP, das 13h às 18h, com entrada franca,

Todos os títulos estão em pré-venda na loja da editora, com 20% de desconto.

 

• Outros artigos escritos por

.