J. Kendall chega à edição # 100

Por Lielson Zeni
Data: 5 abril, 2013

A revista em quadrinhos J. Kendall – Aventuras de uma criminóloga, publicada mensalmente no Brasil pela Mythos, chegou neste começo de abril à sua centésima edição nas bancas. A revista deveria ter saído ainda em março, mas a editora teve uma série de problemas com a impressão de toda a sua linha de revistas da Sergio Bonelli Editore.

Mesmo sendo da editora italiana, o gibi de Júlia é um pequeno aparte nos títulos de western mais populares, como Tex, Zagor e Mágico Vento. Focada em investigações intelectuais e dedução a partir de perfis psicológicos, a criação de Giancarlo Berardi (o mesmo de Ken Parker), caminha menos pelos trilhos da aventura, tão conhecidos dos bonellianos, e acumula leitores fiéis, mas não em tão grande quantidade.

Quase três anos atrás, o título sofreu risco de cancelamento e foi salvo por uma campanha de fãs. Mas por quanto tempo? De acordo com Júlio Schneider, tradutor da revista, “a publicação está num patamar estável e permanece indo às bancas pela paixão que os envolvidos na edição brasileira têm pela obra. Até quando? Não dá para saber, mas espero que dure bastante.”

Schneider explicou ao Universo HQ o porquê de, diferentemente da versão italiana, o número 100 brasileiro não ser colorido (prática comum nas edições comemorativas da Bonelli): “No final de 2012 e início de 2013, ocorreram graves problemas com as gráficas, tantos que não vale a pena listar aqui. Isso tudo ocasionou atrasos consideráveis na programação de todos os títulos [da Bonelli] . Para fazer Júlia # 100 em cores, como estava programado, ocorreria mais atraso no plano de recuperação de prazos, além de elevar sobremaneira o preço de capa, em razão da impressão emergencial. Por tudo isso, a editora optou por fazer a edição em P&B, como as demais, e não privar os leitores da leitura.”

Assim, a edição centenária contará com suas habituais 128 páginas. De extras, apenas um texto de segunda capa do próprio Berardi. Parece pouco, mas a sobrevivência de um título desse nível nas bancas já merece ser celebrado.

J. Kendall - Aventuras de uma criminóloga # 100

• Outros artigos escritos por

.

.

.