Jaspion ganha exposição no traço de desenhistas brasileiros

Por Marcelo Naranjo
Data: 23 janeiro, 2019

A AQC – Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo realiza, no dia 2 de fevereiro, das 10h às 14h, no Memorial da América Latina (Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda), em São Paulo/SP, a exposição Jaspion no traço de grandes artistas.

O personagem, além de ter um grande número de fãs no país, tem como curiosidade o fato de que todo material em quadrinhos lançado dele foi produção nacional, desde o roteiro até os desenhos.

Confira a programação do evento:

10h – Abertura da exposição de desenhos do Jaspion por mais de 50 desenhistas brasileiros;

11h – Bate papo com Michel Borges, desenhista do novo mangá do Jaspion que será lançado neste ano; e Arthur Garcia, artista que trabalhou com o personagem na Editora Abril nos anos 90, além da equipe da Editora JBC responsável pelo novo mangá;

12h – Workshop de mangá com Thiago Spyked;

13h45 – Encerramento, venda de prints da exposição e venda de publicações da AQC.

Exposição organizada por Henrique Heo, com autorização da Sato Company, e a participação dos desenhistas Adriano Batista, Adriano Panda, Alex Rodrigues, Alvaro Yoshitaka Omine, Andre Freitas, Arthur, Bira Dantas, Bruno Wall, Caio Cacau, Charles De Vita, David Lee, Denis DYM, Diego Maryo, Edde Wagner, Eduardo Ferrara, Fabrizio Yamai, Fernando dos Santos, Flávio Luiz, Flávio Soares, Franco de Rosa, Gustavo Machado, Helton, Irmãos Piologo, Joel Jr, Júlio Magah, Júnior Cortizo, Kakau, Leandro Henrique Altafim, Leandro Ramos, Lucas Libanio, Luiz Carlos SC, Luuh Drawings, Márcio Abreu, Márcio Hum, Marco Cortez, Marcos Venceslau, Marcos Silva, Maria Júlia, Mathias Strebs, Mauro de Abreu, Michel Borges, Moacir Torres, Omar Viñole, Paulo César Santos, Paulo José Silva, Rafael Nascimento, Renato Arlen, Ricardo Sousa, Ridalt Jr., Rodolfo Oliveira, Thiago Spiked, Tiago Sousa, Victor, Vinícius Galhardo, Wagner de Souza e Will Silva.

A atividade integra as comemorações do Dia do Quadrinho Nacional, comemorado em 30 de janeiro, homenagem à Angelo Agostini que publicou a primeira página da série As Aventuras de Nhô Quim ou Impressões de Uma Viagem à Corte, em 30 de janeiro de 1869, considerada a primeira HQ brasileira.

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Renato St

    ginga no taazan

    • Milton Diogo

      Ore wa!

  • O Franco de Rosa arte-finalizou uma história publicada em O Fantástico Jaspion n° 7: escrita por Rodrigo de Góes (morto em junho de 2018) e desenhada por Marcello Arantes, Alvaro Omine, desenhou uma história do Sharivan publicada em Quadrinhos 7ª Série – n° 12 da EBAL (que era produzida pelo mesmo Studio Velpa), já o Moacir Torres arte-finalizou uma história dos Changeman escrita e desenhada pelo Marcelo Cassaro em Heróis da TV 3ª Série – n° 13, Gustavo Machado não desenhou uma uma história oficial dos heróis de tokusatsus, mas desenhou uma paródia dos Cybercop no gibi dos Trapalhões, chamada de Cybertrap, Os Trapalhões do Futuro, escrita pelo Marcelo Cassaro publicada em As Aventuras dos Trapalhões n° 37.

  • Milton Diogo

    Rapaz, mas eu preciso ir. Bem que poderia ter o Akira Kushida fazendo um show lá.