Jornal italiano publica HQ sobre Marielle Franco

Por Sérgio Codespoti
Data: 4 abril, 2018

No último dia 30 de março, o jornal italiano Il Manifesto publicou uma HQ de quatro páginas, formato tabloide, sobre a vida da vereadora e ativista brasileira Marielle Franco. Ela foi assassinada com quatro tiros, no dia 14 de março, no Rio de Janeiro.

A HQ, Per Marielle cattiva ragazza, foi realizada por Assia Petricelli e Sergio Riccardi, com o objetivo de celebrar a luta de Marielle pelos direitos humanos e outras causas sociais. A história faz um resumo da vida da vereadora e ressalta a importância de seu trabalho.

Essa história pode ser comprada no site do jornal Il Manifesto, por dois euros.

Per Marielle cattiva ragazza

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Heleno Costa

    Maneiro.

  • ARQUEIRO VESGO

    Estrangeiros fazendo coisas sobre as quais nada sabem.

    • Pirata Psíquico

      Melhor que muitos brasileiros que sabem, e nada falam.

      • Stephan

        Quando falam algo que contradiz a opinião majoritária, são taxados de várias coisas, salientando-se que a Imprensa, como um todo, cumpre uma agenda obscura cujo objetivo primordial é manipular as massas. Ora ela transita mais à Esquerda, ora à Direita, mas os verdadeiros mandatários do poder gostam que as pessoas acreditem que existe de fato tal antagonismo político.

    • Carlos

      Engraçado, penso o mesmo de uns por aqui que adoram patos e camisetas da seleção. Por que será?

    • Ronildo Abijaude

      E o que vocês sabem sobre isto?

    • Alexsandro da Silva Barbosa

      Exatamente o que pensei.

    • Marquito Maia

      Tipo, “roupa suja se lava em casa?” Sei…
      Goste ou não, alguns estrangeiros sabem muito bem o que são direitos humanos e causas sociais.

    • Marcelo Pereira

      Estrangeiro não dança com um pato de borracha até pagar 6 reais no litro de gasolina

      • Stephan

        Mas também tem seus problemas internos em que muitos sabichões de fora dão palpites.

  • Marquito Maia

    Bela homenagem!
    E, por aqui, nada de solucionarem esse crime hediondo!!!
    Eita paisinho de m****!!!

    • Vipo Free

      Se fosse só este crime que não fosse resolvido estava bom, o triste é que a revolta é seletiva quando todas as vidas deviam ser valiosas.

      • Marquito Maia

        Todas as vidas são valiosas, seja a de um “cidadão de bem” ou a de um “bandido”, porque todo mundo tem mãe, pai, avó, avô, irmão, irmã, filho, filha mas não é todo mundo que faz alguma diferença, que se mexe em prol de um país melhor, como no caso da Marielle e tantos outros ativistas assassinados (o Brasil é o quarto país onde isso mais acontece…), por isso a atenção da mídia e das pessoas que não pensam com o fígado e, sim, com o cérebro, tanto aqui quanto lá fora, pois trata-se de uma assassinato político.
        Ah, e não podemos esquecer que nessa republiqueta de m****, onde impera um machismo retrógrado e cruel (o Brasil é o quinto país do mundo com o maior índice de feminicídio), o simples fato de a Marielle ter nascido em Favela (a versão moderna da Senzala) e ser preta, pobre, homossexual, socióloga, ativista e vereadora eleita com 40 e tantos mil votos, a transformou em um alvo em potencial, ainda mais na atual conjuntura.
        Enfim, parece que não vai dar em nada (como de costume) e o que importa mesmo agora é que o arquivilão da República de Banânia finalmente vai parar atrás das grades e a ordem e o progresso (sem corrupção nem nada do tipo, claro) voltarão a reinar por estas bandas!!! Ainda mais com um rebanho tão dócil…

        • André Ribeiro de Oliveira

          Excelente análise! Parabéns!

        • 0-Drix

          Matou a pau!

        • Stephan

          O Sistema só existe e funciona em prol do próprio Sistema. A caminhada é individual e solitária, pois, se grupos resolvessem alguma coisa, o Mundo já tinha melhorado há milênios, A tendência do ser humano em delegar a sua salvação e a solução dos seus problemas a terceiros, seja nos moldes religiosos ou políticos, é a menina dos olhos dos Dominadores deste planeta, além de criarem líderes que, em sua quase totalidade, irão apenas se servir da ingenuidade alheia para poderem se sobressair frente aos demais membros da coletividade, e, com isso, acumularem riquezas e poder, não necessariamente nessa ordem.

  • Lindo demais. Aqui se um jornal fizesse o mesmo iam tacar fogo nas bancas e falar q é tudo comunista.

    • Eobert

      Já tão fazendo isso na página do Facebook do UHQ…

    • Stephan

      Tal qual os países comunistas fazem com os periódicos que discordam dos seus “inatacáveis” líderes, isso quando eles não são proibidos em definitivo de circularem.

      • Exatamente. O espectro político não é uma reta, é uma ferradura, onde os extremos opostos se aproximam.

    • José Geraldo Resende

      Pois é, e o interessante é que no Brasil a única ideologia proibida por lei é o Nazismo e são justamente o que está crescendo assustadoramente simulada por um misto de fundamentalismo moral com uma mafiocracia que tomou o poder a força para impor suas ideias anti sociais.

  • João Salim

    sensacional.

  • Carlos

    Excelente. Pena que a gente demorou pra fazer algo do tipo aqui.

    • Stephan

      Tem os gibis sobre Lampião. Aliás, acho que o Cangaço sempre rende bons enredos, assim como a Guerra do Paraguai, que, lamentavelmente, é um assunto subutilizado pelos roteiristas daqui.

  • Wagner Ferreira

    Brasileiros falando coisas para aparecer… Estava demorando!

  • Alex Silva

    É engraçado o conceito de Liberdade de Expressão que os Brasileiros possuem. Só pode falar ou opinar sobre algo ou alguém, se e somente se for pra elogiar.

  • Vipo Free

    Toda vida é valiosa, e todas as qualidades devem ser exaltadas, independente de posições ou opiniões, pena que algumas pessoas gostam de politizar as coisas, separando e segregando cada vez mais nos irmãos brasileiros.

    • Stephan

      Nem toda a vida é preciosa. A vida de um pedófilo, por exemplo, é totalmente dispensável…

  • Evandro Samarithan

    Passarei bem longe…

  • Marquito Maia

    Oi, Stephan, e pensar que o “Unabomber” foi só o prólogo… rs
    Depois veio “O Sistema”, “Direita”, “Esquerda”, “A caminhada é individual e solitária”, “Quem matou Getúlio Vargas?” e por aí vai…
    Se me permite a pergunta, você é anarquista, ou libertário, ou o quê?

    • Stephan

      Satanarquista…

      • Marquito Maia

        …com um baita conhecimento sobre quadrinhos! E, obviamente, sobre muitos outros assuntos… Enfim, como dizia o meu pai, “Cada qual faz à sua maneira o sonho da sua vida.” (Ou, sabe-se lá, o pesadelo…)
        Abraço.

  • Francesco Dondero

    Esso fui un crimine contro l umanidade

    • Marquito Maia

      É impressão minha, ou rolou um “portuliano” aqui? (Bem fraquinho, diga-se de passagem…)

  • Marina NM

    E quem matou Marielle, pelo amor de Deus?!!!! Justiça para ela, não podmeos nos esquecer!

  • José Geraldo Resende

    o que se está construindo com a imposição da cultura do ódio de classe no Brasil é algo muito pior e mais perigoso do que a normal disputa entre direita e esquerda. Está sendo construído é a ascensão de facções de espécie de ultra-direita nazi-fascista agregando o fanatismo religioso, com um gangsterismo empresarial apátridas do crime organizado nos instituições de estado e em parcelas da sociedade. Na ascensão do Nazismo na Alemanha, as classes médias e altas cometeu esse mesmo equívoco de acreditar que poderiam controlá-los e a história já sabemos. Espero que tenhamos inteligências para barrar isso.

  • Você propõe o que? Porque até a anarquia é uma corrente política.

    • Stephan

      Satanarquia!

      • Eu ia responder, entrar na conversa… mas nhé.

        • Stephan

          Já entrou…

  • Se toda essa movimentação pra invalidar o trabalho dela e de quem está lutando para que não passe em branco, fosse a favor de algo útil como cobrar investigações e dar continuidade ao que tentaram impedir com sua morte, talvez não precisássemos mais nos preocupar com “os policiais e pais e mães de família mortos todos os dias no Brasil”.