Kauira dorme explora a descoberta da vocação na periferia

Por Marcelo Naranjo
Data: 21 outubro, 2019

Em Itapera, quando semideuses e semideusas completam 16 anos, todos devem escolher sua vocação como divindades. O problema é que Kauira não faz a menor ideia de qual é a sua vocação.

Em meio à aflição, Kauira encontra Mitala, o deus da dúvida, que acaba por se tornar o mentor da menina. É por conta desse processo que, um dia, ela dorme em Itapera e acorda vivendo na pele de uma menina de 16 anos moradora do Grajaú, na periferia de São Paulo, bem longe de seu lar e como mais uma moradora da quebrada.

É a partir desta até então inexplicável transição que Kauira vive mundos paralelos: as questões da divindade e a vida com experiências que a periferia traz para uma adolescente.

A HQ Kauira dorme (formato 18 x 27cm, 96 páginas) discute desigualdade, condições de trabalho, ensino público, abandono parental, transporte público, e conflitos mentais, sempre envelopada pela ansiedade e pelas dificuldades na busca pela vocação na periferia. E mostra uma protagonista forte encarando uma vida dura, que nem sempre é receptiva para pessoas sonhadoras.

O título é uma criação de Lucas Andrade (ilustração, cores e roteiro) e Diego Torres (roteiro), e está em campanha na plataforma Catarse para viabilizar sua publicação.

• Outros artigos escritos por

.

.

.