Lagarto Negro comemora 20 anos de criação

Por Marcelo Naranjo
Data: 22 março, 2018

Lagarto Negro é um personagem brasileiro do gênero super-heróis. Ele foi criado pelo advogado Gabriel Rocha em 1998, quando ainda era estudante, para inaugurar a reestreia da publicação Impacto.

Em 2018, o personagem comemora 20 anos de publicação, com títulos publicados em parceria com diversas editoras nacionais – Universo Editora de Publicações Independentes, Júpiter II, PADA – Produtora Artística de Desenhistas Associados, SG Arte Visual, Syndicate Ink, AQL – Associação dos Quadrinhistas de Londrina e Kan Editora.

Ao longo do tempo, o Lagarto Negro participou também de diversos encontros de heróis promovidos por autores independentes, como Heróis na Berlinda, Campo de Batalha, Heróis Brasileiros: A Ordem e Protocolo: A Ordem e A Guerra Cósmica dos Super-Heróis Brasileiros.

Ainda para este ano, como parte das comemorações de 20 anos do personagem, ele será publicado na Argentina, ao lado do herói local Sol de Plata. E novos projetos em quadrinhos estão em andamento.

Atualmente, o Lagarto Negro é publicado pela Editora Kimera, na revista Lagarto Negro Especial (formato americano, 32 páginas), que pode ser adquirida no site da editora.

E, segundo o autor, em breve, o personagem também ganhará uma versão em game para desktop e celular e também serão produzidas estatuetas do herói.

Lagarto Negro - Edição Especial

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Por que o Homem-Aranha ficou tão musculoso, com os bastões do Demolidor e o traje do Deadpool de uma hora pra outra?

    • Enoch

      Eu também não entendo … Pq o nome dele é Lagarto ? Ele anda pelas paredes ? Se regenera ? Não vejo nada no uniforme dele que possa ser associado ao nome. Podia ter um símbolo estilizado do bicho ali na roupa ou ele podia ter um uniforme com escamas. Podia ter pelo menos um L ali, mas não tem nada !!! Olho e só vejo um Venom balístico ali. O cenário ficou legal, a arte ficou okay mas com detalhes tão simples aparentemente postos de lado fica difícil comprar a ideia.

      • Talvez seja uma versão Ultimate 30.0, nessa, o Aranha é nordestino.

        • Enoch

          Ecos de What If

          • Se nos anos 80 / 90 nos dessemos um site no tempo e víssemos como os gibis mensais tão em 2018, pensaríamos ser um enorme “What if” mesmo.

          • Enoch

            Como assim ? É que não sei como estão os mensais em 2018 rs Parei em Flashpoint e Guerra Civil =p

          • Parou nem faz tanto tempo assim, mas me refiro a quantidade insustentável de mega sagas e os efeitos delas sendo anulados a cada 4 ou 3. Por exemplo, se pegar pra ler agora em 2018, não vai encontrar nenhuma consequência mais (ou mesmo menção) a Guerra Civil. E pra gente que leu na época, realmente ficou tenso e envolvido, achando que aquele era o ponto de virada mais foda da Marvel em um saga.

  • Lancelott Martins

    ahahah!!! Eu até entendo as comparações, as analogias, afinal somos de uma geração oriunda das criações dos comics, que por sua vez ululam em milhares de versões por lá mesmo (EUA) e até as consumimos com muita avidez, as várias “emulações” das criações gringas sem emitir um lamento sequer… É a nossa avidez em descartar nossas criações que me impressiona! Esse complexo não é de agora, e às vezes é muito mais uma vazão consequente mesmo da ignorância no campo desse tipo de expressão artística, no tangente a sua história, propósito e mesmo ao próprio lúdico que o tema requer…. Mas, fazer o quê…

  • Ora, o que vemos nesse bate-papo?!
    Dois haterzinhos se esforçando para forçar comparações quando se trata de um super-herói nacional, mas, que, aposto, batem palminhas para as cópias das cópias norte-americanas! Afinal, nem devem notar semelhança alguma entre Batman / Cavaleiro da Lua, Superman / Sentinela, Hulk / Savage Dragon / Solomon Grundy, Tornado Vermelho / Visão, Átomo / Homem-Formiga…
    Ahhh… por favor, moleques! Esforcem-se mais! Absolutamente NADA do veneninho que destilaram aqui é novidade! Já tentaram, aliás, avacalhar os quadrinhos BR com argumentos BEM melhores que os seus!
    Agora, parem de atestar dor de cotovelo e vão lá, ler as HQs dos seus super-heróis genéricos norte-americano.
    Inté, criancinhas mimadas… titio Lobo não vai mais ser malvado com vocês!

  • Wagner Miranda

    Por causa da máscara cobrindo o rosto e o formato dos olhos, é que o largato negro é visto como uma imitação do homem aranha.
    ……..SÓ QUE NÃO……..
    Não foi o espetacular homem aranha o primeiro a usar estas máscaras e sim os lutadores de luta livre mexicana, cobrindo todo rosto e tendo o formato dos olhos desenhados, às máscaras fazem parte da cultura mexicana, eles usavam o tempo todo no seu cotidiano e é óbvio que presisava das aberturas pra respira e alimentar.