Lama, de Rodrigo Ramos e Marcel Bartholo, traz história de terror e ecologia

Por Samir Naliato
Data: 7 novembro, 2018

Lama (formato 21 x 28 cm, 48 páginas, papel couché fosco) é o novo trabalho do roteirista Rodrigo Ramos e do desenhista Marcel Bartholo.

A edição, levemente inspirada no desastre de Mariana – uma das maiores tragédias ecológicas já ocorridas no Brasil, em 2015 -, conta uma história de horror com pitadas lovecraftianas, de ficção histórica e folclore.

Em uma cidadezinha assolada por um terrível desastre ambiental, seus habitantes lutam para recuperar suas vidas e manter a sanidade. Jorge, um pequeno agricultor em uma terra morta, e Maya, dona de uma pousada à beira da falência, resistem bravamente à desolação e desesperança que tomaram conta de sua cidade natal. Em um cenário coberto de lama, uma terrível força ancestral desperta para cobrar o preço pela destruição de seu local de repouso. O que sobra quando destruímos tudo, lá fora e dentro de nós mesmos?

“A ideia original surgiu como um conto sobre um agricultor que encontra um monstro aquático em sua horta após os rios da região serem tomados por lama. Conforme pesquisava material para o background da história, a coisa foi ficando cada vez maior e decidimos transformar em uma história em quadrinhos. Encontrei relatos da época do Brasil colonial sobre confrontos com esta criatura, que foram inseridos na história, assim como a lendária primeira bandeira brasileira que desapareceu em algum lugar no caminho de Peabiru. Tudo isso acabou entrando na história de forma orgânica”, conta Rodrigo.

O projeto é um lançamento do selo Carniça Quadrinhos (nome inspirado no primeiro trabalho da dupla, o especial Carniça), fundado pelos autores para publicar suas futuras histórias de horror.

“Nosso primeiro trabalho juntos foi muito bem recebido pelos leitores e com isso decidimos continuar lançando uma história em quadrinhos de terror por ano, ou mais se o orçamento e a agenda permitirem. A ideia de criar um selo para publicar estas histórias veio para reforçar a identidade do nosso trabalho e facilitar a identificação do nosso público”, explica Marcel.

Lama será lançada durante a CCXP 2018, de 6 a 9 dezembro, na mesa G37 do Artist’s Alley, com a presença dos autores.

Clique na galeria abaixo para ampliar um preview da edição.

.

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Muito obrigado pela força, Samir e todos do UHQ! Significa muito pra gente, estar no melhor site sobre quadrinhos do país! 🖤

    • Parabéns, Rodrigo! Como não vou à CCXP, onde posso encontrar seu quadrinho ?

  • Canoa Furada

    Proposta bacana. Nosso país é celeiro de causos sobrenaturais, inclusive de ficção.