Lançamentos do selo Vertigo, da Panini, programados para março

Por Marcelo Naranjo
Data: 15 fevereiro, 2018

Confira os lançamentos do selo Vertigo, da Panini Comics, programados para o mês de março.

Ian Edginton e Francesco Trifogli continuam a saga pós-apocalíptica Hinterkind – Os Desterrados – Volume 2 (formato 17 x 26 cm, 144 páginas, R$ 22,90) com Escrito em Sangue, colecionando as histórias publicadas originalmente em Hinterkind # 7 a # 12.

Eles a chamaram de Praga – a vingança da Mãe Natureza contra a humanidade depois de milênios de abuso. Em menos de um ano, a civilização entrou em colapso, a humanidade sucumbiu e o que era selvagem retomou a terra – e então algo ainda mais estranho aconteceu. Criaturas de mitos e lendas saíram das sombras. Elas eram reais. E dominaram o mundo.

Mas não são uma força homogênea. Agora, uma nova ameaça paira sobre todos. Para a sempre faminta Nação Vampira, os sidhe, centauros, ogros, fadas e humanos são todos iguais: gado pronto para o abate – e chegou a hora da grande matança. Mas nada disso importa para a jovem Prosper. Ela só quer reencontrar Angus, seu amigo, e o avô desaparecido, enquanto descobre as verdadeiras motivações de seu captor – o sidhe renegado conhecido como Jon Hobb. Mas não vai ser possível evitar a grande guerra que está se armando.

O escritor Peter Hogan e os artistas Chris Sprouse e Karl Story estão de volta com Tom Strong e o Planeta do Perigo (formato 17 x 26 cm, 144 páginas, R$ 22,90), uma viagem a um mundo de curiosidades científicas, doenças desoladoras e sacrifícios super-humanos, numa HQ publicada originalmente em Tom Strong and the Planet of Peril # 1 a # 6.

Tom Strong já encarou diversos perigos e, ainda assim, está prestes a enfrentar seu maior desafio: uma gravidez superpoderosa. Sua filha Tesla está prestes a dar à luz uma criança extraordinária, mas as complicações podem ser fatais. Apenas uma coisa pode salvá-la, e ela só pode ser encontrada em um planeta Terra de outra dimensão conhecido como Terra Obscura, onde legiões de heróis científicos superpoderosos patrulham os céus e as ruas de uma realidade alternativa. É lá que uma versão de Tom Strong desenvolveu uma fórmula que o torna indestrutível. Uma dose pode salvar a vida da filha e da criança que está por nascer.

Mas muita coisa mudou desde a última vez que Tom visitou o planeta. Uma praga exterminou a população e matou bilhões, deixando os Estados Unidos sob lei marcial. Estranhos novos heróis lutam – e morrem – para impedir a extinção da humanidade. Agora, antes de salvar a própria família, Tom deve salvar um planeta inteiro.

Adaptando o best-seller escrito por Neil Gaiman, pelas mãos da equipe criativa formada pelo escritor Mike Carey (Hellblazer) e pelo ilustrador Glenn Fabry (Preacher), De Neil Gaiman: Lugar Nenhum (formato 18.5 x 27.5 cm, 224 páginas, capa dura, R$ 51,00) lança um novo olhar sobre o livro, agora como uma graphic novel.

Esta edição já entrou em pré-venda na Amazon Brasil, com desconto.

Richard Mayhew é um jovem rapaz normal, com um emprego normal, e que está tendo um dia completamente normal até que uma ação fora do normal deixa tudo de cabeça para baixo. Quando percebe uma jovem ferida nas ruas de Londres, ele para e tenta ajudá-la. E, graças a isso, sua vida jamais voltará à normalidade.

A misteriosa jovem – conhecida pela alcunha de Porta – vem da Londres Abaixo, uma incrível e perigosa cidade subterrânea desconhecida dos habitantes da metrópole da superfície. Quando volta da jornada a essa bizarra cidade, Richard descobre que ninguém mais da Londres Acima se lembra dele. É como se jamais tivesse existido.

O que ele quer agora é voltar à antiga vida, mas Croup e Vandemar – dois cruéis assassinos – estão em seu encalço e dificultarão ao máximo a tentativa de voltar ao normal. No caminho para a normalidade estão ainda uma provação que colocará a sanidade de Richard em risco, a mortífera travessia da Ponte da Noite e um terrível confronto com a Besta-Fera de Londres.

O caminho para conseguir o que busca passa por um anjo chamado Islington e o segredo que ele tem mantido oculto no fundo da Rua de Baixo há incontáveis anos. Um segredo que tem o potencial de ser o fim para Richard, Porta e todos os moradores da Londres Abaixo.

As HQs deste volume foram publicadas originalmente em Neil Gaiman’s Neverwhere # 1 a # 9. No Brasil, saíram na revista mensal Vertigo # 1 a # 9,  da Panini, entre 2009 e 2010.

Lugar Nenhum

 

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Vagner Gomes

    Esse “Lugar Nenhum”, com 224 pgs e capa dura, por R$ 51,00? Será que a Panini esta voltando atrás nos seus aumentos? kkk

    • Alexandre Pinto Harich

      Se for estre preço pego com algum desconto. .Não é perfeita mas sai do Super-herói com bons artistas.

      • Nestor Fidelis Heckel

        O preço de capa segundo Amazon e Saraiva é R$ 67,00…

    • James Howllet

      Neil Gaiman vende bem.

      Tiragens mais altas, preços menores.

      • Vagner Gomes

        Verdade, faz sentido, tenho o Sandman Absolute e não acho caro pela quantidade de páginas, já li o livro e gostei, vou pegar a HQ tbm.

    • FINASTERIDO

      Talvez tenham percebido que o material é fraco. Trata-se de uma adaptação do livro do Gaiman, com arte bem mais ou menos. Bem, para quem quiser arriscar…

  • Antonio Junior

    Tom Strong tem uma mitologia fascinante. Contudo, fico em dúvida sem adquiro esse volume, sendo uma fase despida do nome “Moore”, ainda mais na profusão de títulos excelentes que temos hoje. Alguém sabe informar se vale a pena?

    • Olha, na MINHA opinião, Tom Strong consegue funcionar muito bem mesmo sem o Moore. O personagem consegue ser bem trabalhado sem precisar do Mago Barbudo. Eu vou pegar sem pensar duas vezes essa HQ!

    • FINASTERIDO

      é um caça níquel. Nada demais. Moore concluiu o que pretendia com esses personagens. É como aqueles lançamentos pós Watchmen. Descartável total.

  • Vertigo é sempre bom.

  • Enn

    Puxa, vão pular Tom Strong direto pra Planeta do Perigo, pensei que iam seguir a ordem e publicar antes Robots of Doom e o spin-off Terra Obscura

  • James Howllet

    Admito, não resisto ao nome Neil Gaiman.

  • FINASTERIDO

    sim… mas… o corpo sem a alma… serve para quê? O Moore é um cara chato pra cacete, mas é foda na maioria das coisas que faz. Tom Strong nas mãos de outra pessoa é um outro produto. Mas, claro, vai agradar a alguém.

    • Into

      Outro produto? Você leu o mesmo Tom Strong que todo mundo ou ficou pulando as (diversas) histórias em que o Moore não escreveu? A alma da revista é justamente ser baseada nas revistas pulp, com várias histórias e escritores num mesmo local. E, convenhamos, o Moore não iria chamar um zézinho da esquina pra trabalhar nos títulos/editora dele.

      • FINASTERIDO

        Cara… não existe ‘todo mundo’. Conheço o trabalho e na minha opinião o resultado de Tom Strong não satisfaz nas mãos de outros escritores. Li algumas entrevistas de Moore dizendo que o trabalho com o personagem havia acabado. Qualquer escritor que pega um personagem tem uma ideia,um plano para roteiro, trama etc. No caso de TS todos ficam atrelados ao que Moore desenvolvia e isso engessa as produções. MAS… tem gente que gosta. ok. compra, ué.

  • ARQUEIRO VESGO

    Cofre aí só mesmo no Tom Strong.

  • ARQUEIRO VESGO

    Oi Quiof Thrul, tudo bem contigo??? Eu tava com saudade do amigo já.

  • Rafael Soares Duarte

    tem uma mini-série do Moore sobre o universo do Tom Strong, chamada Terra Obscura, espero que lancem. Tom Strong sem Moore é sofrível.

  • Markwheav

    Dreaming seria ótimo! Assim como Livros da Magia (que foram meio que ignorados até agora). Mas não conte com mais Homem-Animal… nem lá fora os últimos volumes foram republicados. Pelo que entendi, acabou por aqui mesmo, com o fim da fase do Delano.

  • Ed mundo

    Lugar Nenhum é bem ruinzinha, uma história que não vai a lugar nenhum. A Panini podia relançar House of Mystery que saiu na Vertigo, bem mais legal e tinha uns minicontos cabulosos