Mangá A Besta, de Hideki Mori, chega pela NewPop e conta a história do ronin Musashi Miyamoto

Por Samir Naliato
Data: 19 junho, 2020

A editora NewPop colocou em pré-venda o mangá A Besta (formato 15 x 21 cm, 264 páginas, capa cartonada, R$ 29,90), escrito e desenhado por Hideki Mori

A edição está programada para julho e já está disponível na Amazon com desconto e frete grátis para usuários Prime.

A história do lendário espadachim Musashi Miyamoto é recontada sob a perspectiva do aclamado mangaká especializado em gekigá (estilo de mangá com história mais história e arte mais sérias, voltado para adultos), Hideki Mori.

Mori foi responsável pela arte de Novo Lobo Solitário – continuação do clássico Lobo Solitário, de Kazuo Koike e Goseki Kojima – e foi considerado pelo próprio Koike como o seu sucessor, tendo um estilo de desenho similar ao Kojima.

“Afinal, o que eu sou?”. Para a resposta a esta pergunta, o jovem Mushashi Miyamoto se lança em um do turbilhão de lutas mortais. Para o Bennosuke – nome de infância de Musashi –, o único conforto era a sua irmã, já que ele não via mais outras razões para viver. Contudo, até isso é privado dele, quando ela é brutalmente assassinada por um desconhecido.

Uma interpretação inédita do aclamado clássico, mostrando um Musashi nunca antes visto.

A Besta

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Fernando Amaral

    Espero que seja diferente de Vagabond, que é uma compilação de excelentes desenhos numa história vazia.

    • xxpredx

      história vazia?????????

      • Fernando Amaral

        Não acontece nada na história, parece até cavaleiros do zodíaco, fica umas 3 edições só com os caras se olhando, e mais umas 5 com os caras se batendo. Eu li isso há muitos anos, nas 42 edições da Conrad, e não tive o menor interesse em comprar a continuação, ainda mais sendo pela Panini (nunca se sabe quando vai vir um ou dez balões em branco). Inclusive não tive interesse em ler Slam Dunk, mesmo gostando de basquete, porque fiquei imaginando quantas edições demorariam pra terminar uma partida, e quantos anos de vida o cara ia se lembrar no momento do arremesso livre. Mas enfim, é o gosto de cada um, pra mim é um ótimo trabalho de ilustração, e só.

      • Huro

        Ele pegou Vagabond esperando Blade :v

  • Fabricio LB

    UE, mas ja tem o Vagabond

    • Fabio Negro

      é verdade. quando o padre Marcelo grava uma música nova o público sempre fala, “ué, mas tem a música Ave Maria”

    • Huro

      Musashi é um ícone da cultura japonesa, ele aparece em mais mangás do que você imagina — mas Vagabond é o grande expoente, claro.

      Não duvido nada alguém publicar o mangá do Shotaro Ishinomori em breve.

  • Robson

    São quantos volumes?

    • Thiago Carlos

      É volume único. E que venha Bokko num fururo prróximo….