Marvel lançará edição comemorativa número 1000

Por Samir Naliato
Data: 10 maio, 2019

Ano passado, pela DC ComicsAction Comics chegou ao número 1000. Neste ano, o mesmo aconteceu para outra revista da editora, a Detective Comics.

Agora, chegou a vez da Marvel celebrar a marca com a publicação de Marvel Comics # 1000, um especial de 80 páginas a ser lançado no próximo mês de agosto e celebrará os 80 anos da “Casa das Ideias”, iniciada com Marvel Comics # 1, em outubro de 1939 (quando a editora ainda se chama Timely Comics).

Ao contrário das séries da concorrente, Marvel Comics durou apenas a edição de estreia, sendo rebatizada para Marvel Mystery Comics a partir do número 2. Ela durou até o número 92, em 1949, quando foi renomeada novamente para Marvel Tales, título que permaneceu até o cancelamento na edição número 159, em 1957. A edição número mil é mais uma comemoração simbólica.

Marvel Comics # 1 marcou a estreia da versão original do Tocha Humana, um androide capaz de ficar em chamas. Mais tarde, na década de 1960, o herói seria reimaginado como integrante do Quarteto Fantástico.

“Essa é, de longe, a revista mais complexa e complicada que já produzimos”, disse o editor executivo Tom Brevoort.

De acordo com o editor-chefe C.B. Cebulski, o objetivo é vender um milhão de cópias.

A capa é de Alex Ross, e cada página cobrirá um ano da Marvel. A HQ teve o conceito definido por Al Ewing, que escreverá várias páginas, e uma equipe de grandes roteiristas e desenhistas foi reunida para participar. Dentre eles:

Adam F. Goldberg, Adam Riches, Al Ewing, Cafu, Carlos Pacheco, Chris Weston, Christian Ward, Cory Smith, Daniel Acuña, George Perez, Jesus Saiz, Joshua Cassara, Mike Deodato Jr., Ron Garney, Steve Epting, Allan Heinberg, Jim Cheung, Tini Howard, Kia Asamiya, Brad Meltzer, Julian Todino Tedesco, Charles Soule, Steve McNiven, Chip Zdarsky, Dan Slott, Marcos Martin, David F. Walker, J.J. Kirby, Donny Cates, Geoff Shaw, Ed Brisson, Jorge Fornes, Eve L. Ewing, Jen Bartel, Gail Simone, David Baldeon, Gerry Duggan, Chris Samnee, Greg Pak, Takeshi Miyazawa, J. Michael Straczynski, Ed McGuinness, Tom Taylor, Juann Cabal, Jason Aaron, Goran Parlov, Jason Latour, Jeff Lemire, Jeph Loeb, Tim Sale, Jeremy Whitley, Irene Koh, Joe Hill, Mike Allred, Jonathan Hickman, Dustin Weaver, Kareem Abdul-Jabbar, Raymond Obstfeld, Mattia De Iluis, Kathyrn Immonen, Stuart Immonen, Kelly Sue DeConnick, David Lopez, Kelly Thompson, Pepe Larraz, Kieron Gillen, Doug Braithwaite, Kurt Busiek, Cameron Stewart, Mark Waid, John Cassaday, Matthew Rosenberg, Leinil Francis Yu, Patrick Gleason, Peter David, Adam Kubert, Phil Lord, Christopher Miller, Javier Rodiguez, Rainbow Rowell, Kris Anka, Roy Thomas, Rod Reis, Ryan North, James Harren, Saladin Ahmed, Steve Rude, Taboo, Geoffery Veregge, Toby Whithouse, Alan Davis, Tom DeFalco, Ron Frenz e Walter Simonson.

Marvel Comics #1000

Marvel Comics #1

 

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Alexandre Pinto Harich

    Edição muito interessante, pena as da Panini serem tão toscas

  • Murillo Mattos

    quero saber se a Marvel tem alguma revista que chegue no número 1000, que ainda esteja sendo publicada? a DC tem.

  • Thiago A.

    Legal

    • Daniel de Marins

      Também gostei pelos artistas envolvidos, alguns são péssimos, mas a maioria é top de linha.

  • joao helio

    Marvel inovando na sem-vergonhice das numeraçoes da revista, o negócio agora é inflar os numeros ao invés de resetar.

    • Glaydson Melo

      Pior que tem gente que lê isso e toma como ofensa pessoal, “porque se critica é decenete”. Mas é caça-niquel safado mesmo… e é nessas horas que acredito nos boatos de que esteja querendo acabar com a linha de quadrinhos da Marvel, porque parece desespero pra vender um pouco mais num mercado cada vez mais marginal.

  • Natanael Floripes

    “Comemoração simbólica” é uma maneira gentil de dizer que é uma picaretagem de todo tamanho: lançar um número 1000 de uma revista que nunca chegou perto disso para faturar uns trocados.

    • Dyel Dimmestri

      Esse comentário foi SAGAZ!!

  • Alexandre Floquet da Rocha

    Podia se chamar Marvel 80 anos. Achei muito forçado Marvel Comics número 1000. Nada haver já que a Marvel não possui nenhum título com essa numeração.

  • Marcelo Nepomuceno

    Como é número 1000 se a revista foi descontinuada? Casa das idéias requentadas não dá

  • Alisson Matheus Seraggioto

    Marvel como sempre copiando a DC, e dessa vez de uma maneira bem fantasiosa e mentirosa kkkkk

  • VAM!

    Olá Samir, td na Paz?

    Rapaz, essa capa “tributo” do Alex Ross, está formidável.
    E a proposta de uma página equivaler a um ano da editora é bem interessante.

    Abs,
    VAM!