Morre o desenhista Victor de la Fuente

Por Diego Figueira
Data: 7 julho, 2010

Arte de Victor de la Fuente

O desenhista espanhol Victor de la Fuente faleceu na última sexta-feira, 2
de julho, aos 83 anos, em Le Mesnil Saint Denim, na França. A informação da
morte do artista foi dada pela Federación de Instituciones Profesionales
del Cómic
(Ficomic), organizadora do Salón
del Cómic de Barcelona
.

Pedro Victor de la Fuente Sánchez nasceu em 1927, na cidade de Ardisana de Llanes, na província espanhola de Astúrias. Além dele, seus irmãos Ramón e José Luís (conhecido por Chiqui) eram desenhistas.

Victor começou sua carreira com quadrinhos na década de 1940, nos estúdios de Adolfo López Rubio. Antes de ter uma carreira consolidada, passou por diversos países, como Cuba, Chile e Argentina, trabalhando para editoras e agências de publicidade. Retornou à Espanha nos anos 60, produzindo histórias para editoras estrangeiras.

Nessa época, passou a colaborar com o roteirista Víctor Mora, com quem criou
o western Sunday, que lhe garantiria fama com o gênero.
A partir de 1970, passa a publicar Haxtur, criação sua, na revista Trinca,
importante publicação que contava com apoio do Ministério da Informação Espanhol.
Graças a essa série de fantasia, Victor de la Fuente conquistou notoriedade
com desenhista.

Na década de 1970, mudou-se para a França, onde permaneceu até sua morte.

De la Fuente foi também o primeiro artista de Tex não nascido na Itália, tendo desenhado diversos especiais do personagem da Sergio Bonelli Editore.

Em 2006, recebeu o Grande Prêmio do Salão Internacional de Quadrinhos
de Barcelona
pelo conjunto de sua obra.

 

• Outros artigos escritos por

.

.

.