Morre o humorista e quadrinhista Cristóvam Tadeu, autor de Bartolo

Por Renato Félix
Data: 10 abril, 2017

Morreu no último sábado, dia 8 de abril, em João Pessoa, o humorista e quadrinhista Cristovam Tadeu. Um dos principais nomes da comédia na Paraíba, ele era polivalente: fez shows de humor, escreveu e dirigiu peças de teatro, criou um seriado de comédia em uma emissora de TV local, fazia imitações que o levaram a programas de exibição nacional, foi dublador e, além disso, escreveu e desenhou charges e tiras para jornais.

Publicou sua primeira tira aos 12 anos, no extinto jornal O Norte. Seu personagem de maior sucesso nos quadrinhos é Bartolo, bebum que sempre enchia a paciência do dono e balconista do bar, Oliveira. As tiras de Bartolo participaram de uma exposição na Itália em 2004, a Cartoon Club, em Rimini (Itália), e chegou a ter uma compilação de suas primeiras tiras em 1998, lançada pela editora Marca de Fantasia.

Outra de suas criações foi Lampirão, um personagem vestido de cangaceiro. Influência direta do Zeferino de Henfil no visual, mas o mote principal da tira do paraibano eram suas discussões metalinguísticas com o desenhista (o próprio Cristóvam). Já Baratos Afins mostrava o cotidiano pelo ponto de vista das baratas. O guru Ostradamus e o psicanalista Herr Fróide foram outras de suas criações a estrelar as próprias tiras.

Cristóvam Tadeu iniciou profissionalmente pelo humor em 1980, no teatro. Começou a fazer shows solo em 1982. Em 1989, estava no elenco do programa Só Riso, da Bandeirantes, ao lado de nomes como Costinha, José Vasconcelos e Jorge Loredo. Anos depois foi participante regular do Show do Tom, de Tom Cavalcante, na Record.

Cristóvam Tadeu, nascido em Cajazeiras, no sertão do estado, completaria 55 anos no começo de maio. Foi encontrado morto pela manhã, em sua cama, pela filha. A suspeita é de que tenha sofrido uma parada cardíaca enquanto dormia. Ele era diretor da Rádio Tabajara, uma emissora de João Pessoa.

Cristóvam Tadeu

Bartolo

Tira de Bartolo

• Outros artigos escritos por

.

  • alexandrino

    Que Deus conforte a família. mais um talento que se foi.