Morreu o cartunista “Menchi” Sábat, aos 85 anos

Por Audaci Junior
Data: 2 outubro, 2018

Conhecido pelos amigos desde a sua infância como “Menchi” Sábat, o cartunista e caricaturista uruguaio Hermenegildo Sábat sabia como ninguém o que era ser argentino. Radicado no país desde a segunda metade dos anos 1960, após ter deixado o cargo de editor do jornal uruguaio El País, trabalhava no jornal Clarín desde 1973.

Aos 85 anos completados em 23 de Junho, ele morreu enquanto dormia, em Buenos Aires, nesta terça-feira (2), após uma viagem a Nova York, EUA.

Nascido em Pocitos, Montevidéu, Sábat estava ciente do que acontecia no Brasil. Era amigo Luís Fernando Veríssimo, chegando a tocar clarinete e sax juntos, nos anos 1990. Era apreciador da Bossa Nova, como também de nomes como Ângela Maria (1929-2018), Pixinguinha (1897-1973), Adoniran Barbosa (1910-1982), Chico Buarque e Caetano Veloso.

Premiado e reconhecido internacionalmente, além de cartunista e caricaturista, ele se dedicou também como pintor autodidata, jornalista, fotógrafo e especialista em jazz e tango, publicando, inclusive, uma biografia do cantor Carlos Gardel (1890-1935) – Al Troesma, Con Cariño (1971).

Hermenegildo Sábat

Como grande representante do seu ofício, seus desenhos colocavam o dedo nas feridas políticas e criavam polêmicas, inclusive no período da Ditadura Militar na Argentina. Em época mais recente, representou a ex-presidente Cristina Kirchner com um “X” na boca, e grudou Carlos Menem e Fernando Henrique Cardoso nas respectivas cadeiras presidenciais quando esses buscavam a reeleição.

Dono de um traço elegante e sofisticado, Sábat chegou a receber um prêmio pela sua obra das mãos do Nobel de Literatura Gabriel García Márquez (1927-2014) e ganhou o título de Cidadão Ilustre da Cidade (de Buenos Aires), enquanto o governo o considerou Personalidade Emérita da Cultura.

No Brasil, houve uma exposição de seus trabalhos no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), em 1997, e a editora Paz e Terra/Record publicou no mesmo ano o livro Quem é Sábat?.

Hermenegildo “Menchi” Sábat foi casado com Blanca Rodríguez e teve dois filhos, Alfredo e Rafael.

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • 0-Drix

    Os últimos 10 dias têm sido tristes para a 9ª Arte! Felizmente, nosso cartunista Ziraldo deixou a CTI nesta terça-feira!