A nova Marvel e os X-Men

Por Sérgio Codespoti
Data: 18 setembro, 2015

Extraordinary X-Men # 1Os mutantes da Marvel Comics estão sempre em perigo. Quando o número de mutantes aumenta, também aumenta a intolerância – um tema clássico dos X-Men; quando a população gen-X diminui, por quaisquer causas, surge a possibilidade da extinção.

No novo Universo Marvel, pós-Guerras Secretas, a extinção dos mutantes mais uma vez voltará a ser um problema, mas desta vez a causa não será a intolerância dos humanos ou até mesmo uma crise emocional da Feiticeira Escarlate. Os Inumanos serão a causa do problema.

Um evento cataclísmico ligado aos Inumanos afetará dramaticamente a população mutante. Uma nova dispersão de uma versão mais pura da nuvem terrígena – o elemento que causa a mudança física nos Inumanos – será tóxica para os mutantes, matando-os ou causando a esterilização da raça. A informação foi revelada nas páginas de preview que a editora divulgou e que podem ser vistas abaixo.

A princípio, parece um retorno aos conceitos mais básicos dos X-Men, mesmo se assemelhando a ideias antigas, como o Vírus Legado – usado na morte de Colossus, em 2001 -, por exemplo. Mas existe uma razão mais óbvia e pragmática: faz parte da estratégia da “Casa das Ideias” para aumentar a importância dos Inumanos, nos quadrinhos, cinema e na TV, e minimizar a presença dos mutantes.

Um dos alvos dessa estratégia é a disputa da Marvel Entertainment com a 20th Century Fox pelos direitos de adaptação dos personagens para o cinema. Também é por essa razão que o Quarteto Fantástico – cujos direitos também são da Fox (ouça nosso podcast sobre o novo filme da equipe para mais detalhes) – foi dissolvido e seus membros foram espalhados em vários títulos (o Coisa está com os Guardiões da Galáxia; o Tocha Humana faz parte dos Inumanos; etc.).

Deadpool é outro exemplo dessa política. Ele é um dos integrantes de Uncanny Avengers, a equipe reunida por Steve Rogers que mistura humanos, mutantes e inumanos (veja mais informações aqui). Integrar Deadpool – que e a estrela de um filme solo da Fox – aos Vingadores é uma continuidade do que já estava acontecendo com os mutantes.

A revista Extraordinary X-Men # 1, que será publicada outubro deste ano, terá enredo de Jeff Lemire e arte de Humberto Ramos. A equipe dos X-Men incluirá Tempestade, Colossus, Magia (Illyana Rasputin), Noturno, Homem de Gelo, Jean Grey e o velho Logan (aquela versão do Wolverine que surgiu no famoso arco de histórias de Mark Millar). A história começa oito meses após as Guerras Secretas e vários mutantes estão desaparecidos, incluindo Ciclope.

J. Scott Campbell, Sanford Greene e Amanda Lynne Shafer farão capas alternativas para Extraordinary X-Men # 1.

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Romulo Vasconcelos

    Concordo plenamente contigo! É natural surgirem heróis novos de vários segmentos, mas precisa destruir o original para fazer uma versão?!?! O telefone celular apareceu porque tinha que aparecer, o computador também e tantas outras coisas. Não precisa fazer uma saga para acabar com o telefone antigo e trazer o celular. Isso é falta de criatividade ou pura politicagem idiota.